São Paulo vence prêmio entre destinos indutores brasileiros

[Por Revista Hotéis, 15/06/2012]
A cidade de São Paulo ficou em primeiro lugar – juntamente com Recife (PE) e Foz do Iguaçu (PR) – entre todos os 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Turístico Regional, priorizados pelo Ministério do Turismo. O anúncio foi feito durante o Fórum da Anseditur – Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo das Capitais e Destinos Indutores realizado na quarta-feira, 13 de junho, em Foz do Iguaçu, pouco antes da abertura do Festival de Turismo das Cataratas, que termina hoje (15/06).
A premiação, feita pelo MTur e pelo Sebrae – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, utiliza como base o Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2011, apurado anualmente, desde 2008, em pesquisas de campo realizadas pela Fundação Getúlio Vargas. O estudo avalia 65 destinos de todo o Brasil, sendo 27 capitais, e analisa, no total, 13 dimensões de cada localidade: infraestrutura; acesso; serviços e equipamentos turísticos; atrativos turísticos; marketing e promoção do destino; políticas públicas; cooperação regional; monitoramento; economia local; capacidade empresarial; além de aspectos sociais, ambientais e culturais.
O prêmio foi recebido pelo vice-presidente da SPTuris – São Paulo Turismo, Tasso Gadzanis, que ressaltou que os esforços que estão sendo feitos para melhorar ainda mais a cidade. “É um grande reconhecimento receber esta premiação. São Paulo é a maior metrópole do Hemisfério Sul e também o principal destino do Brasil, com cerca de 12 milhões de visitantes ao ano. É um desafio planejar e estruturar o turismo em um município tão superlativo, mas estamos convictos de que nossas ações e as parcerias que estamos estabelecendo têm melhorado muito a estrutura receptiva da cidade e atraído mais turistas, como mostram os indicadores”, disse o vice-presidente. “E a Copa vem aí, já estamos preparando a cidade e tomando várias medidas”, lembrou Gadzanis, que também é vice-presidente de Relações Institucionais da Anseditur.