ABIH-RJ reúne hoteleiros para debater diárias durante a Rio+20

[Por Hôtelier News, 15/05/2012]
Acontece nesta terça-feira (15), às 13h, uma reunião entre hoteleiros da capital fluminense e representantes da ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Rio de Janeiro) para debater a elevação das tarifas de hotéis no período da Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável), que ocorrerá entre os dias 20 e 22 de junho de 2012.
Conforme apurou o Hôtelier News, a medida foi tomada em caráter de urgência nesta segunda-feira (14). A ABIH-RJ acredita que, após a reunião, deve ter novo parecer sobre o problema das tarifas, cujo valor elevado, segundo a associação, tem base na alta procura.
Na semana passada, a Câmara dos Deputados já havia reunido a entidade, juntamente com o Fohb (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil), a pedido do deputado Carlos Eduardo Cadoca (PSC-PE), para debater a questão. A preocupação dos deputados é com os próprios bolsos: o presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou que a casa não pagará as diárias dos deputados em hotéis durante a conferência.
A ABIH-RJ articula ainda que a elevação tem base no fato de a Terramar Turismo, agência oficial do evento, que cobrava uma comissão de 30% sobre as reservas feitas para a data do evento.
Outro lado
A Terramar afirma ter participado de uma licitação, promovida pelo Itamaraty, para ser nomeada vendedora oficial do evento. A empresa defende que a taxa de administração cobrada está de acordo com a média praticada pelo mercado.
A assessoria de imprensa do grupo diz ainda que até agora não houve reclamações por parte da maioria das comitivas internacionais quanto ao custo das tarifas.
A diária está na casa dos US$ 397, incluíndo impostos e taxas. Foram bloqueadas, a pedido do governo brasileiro, mais de 100 mil rooming nights.
Rogério Frizzi, diretor comercial da Terramar, informou que as negociações com a hotelaria local estão avançadas e que a redução no valor das tarifas foi negociada na última sexta-feira (11), em reunião realizada no Palácio do Planalto, com a presença autoridades mobilizadas pela ministra-chefe da casa civil, Gleisi Hoffmann.
“Estamos próximos de fechar um acordo que garantirá redução no valor das tarifas hoteleiras em torno de 25% para os novos participantes das reuniões do Comitê Preparatório, que ocorrerá de 13 a 15 de junho de 2012 no Riocentro e, também, nos dias de diálogo sobre desenvolvimento sustentável, de 16 a 19 de junho”, adianta Frizzi.
Ao final da tarde, após reunião, a empresa se comprometou a divulgar uma nota oficial sobre o caso.
Recorência
Há pouco mais de um mês, o Ministério da Justiça já havia intimado a FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação); o Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes; e a ABIH-RJ a prestar esclarecimentos sobre os preços, considerados abusivos, praticados pela hotelaria carioca durante a Rio+20.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *