ABAV Nacional comemora apoio do ministro do Turismo no Brasil

[Por Brasilturis, 22/03/2012]
Em audiência com ministro do Turismo do Brasil, Gastão Vieira, e a cúpula da pasta, realizada no dia 20, em Brasília, o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens – Abav Nacional, Antonio Azevedo, e outros dirigentes da entidade trataram de vários assuntos relacionados ao desenvolvimento setorial.
Na oportunidade, a Abav fez um breve retrospecto histórico referente às contribuições e aos serviços pioneiros prestados pela Associação, que desde 1953 promove o turismo como atividade econômica, por meio de relevantes estudos técnicos, trabalhos associativos e eventos que renderam a farta bibliografia oferecida ao ministro.
Entre as publicações entregues, cabe destacar o completo material de apoio editado pela ABAV para dois bem-sucedidos e recentes programas de capacitação profissional: Proagencia e Benchmarking, assim como também o relatório final “Estudo sobre o potencial de mercado para posicionamento estratégico das agências de turismo como gerenciadoras e alavancadoras de negócios na Indústria do Turismo”, voltado ao turismo receptivo.
“Estamos de portas abertas para acolher todas as iniciativas de fomento ao turismo receptivo no Brasil, inclusive alinhar ações promocionais com outros mercados estratégicos”, reiterou Azevedo, ao abordar outros temas da pauta e pertinentes à necessidade de renovação e aprimoramento profissional dos serviços receptivos no Brasil. Ao analisar os problemas de qualidade e de capacitação identificados pelos estudos e diagnóstico elaborado pela Abav, o presidente da entidade enfatizou a premência na adoção de medidas que sejam capazes de assegurar ganhos de competitividade para o destino Brasil.
Protagonista no processo de lançamento e promoção de vários destinos turísticos nacionais, atualmente consagrados nos mercados doméstico e internacional, a feira ABAV, que terá a sua 40ª edição comemorada neste ano, de 24 a 26 de outubro, no Riocentro, foi considerada por todos como o palco ideal para fortalecer a integração setorial. “Nosso desafio atual é aumentar a competitividade do destino Brasil no cenário turístico global”, enfatizou o presidente da entidade.
Azevedo lembrou ainda que, A Feira de Turismo das Américas acaba de assinar acordo de cooperação com a ITB de Berlim, maior feira de turismo do mundo, e renovar parceria com a BTL, feira do Turismo de Portugal, destino posicionado como portão de acesso dos turistas europeus na América do Sul.
O presidente da Abav anunciou também a intenção de realizar o primeiro Fórum Ibero-Americano de Ministros do Turismo, antecipando convite ao ministro brasileiro para presidir o encontro, tendo em vista alinhar com os países da região (principais polos emissivos de turistas estrangeiros) a criação de campanhas promocionais cooperadas. “Unidos, com foco na valorização dos atrativos turísticos regionais, seremos mais fortes”, ponderou o presidente.
“Consideramos prioritário fomentar a venda do destino Brasil”, concordou o titular da pasta do turismo, referindo-se à crescente importância do papel econômico e social desempenhado pelas agências de viagens no País. De acordo com os dados divulgados pelo próprio Ministério do Turismo, com base nos resultados do “Estudo da Demanda Internacional no Brasil”, encomendado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Embratur, à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), cerca de 46% dos visitantes internacionais são sul-americanos, 31% são europeus e 15% vêm da América do Norte.
Durante a audiência foi designado o vice-presidente Institucional da Abav, José Maurício Gomes, de Minas Gerais, como o interlocutor da entidade com a Secretária Nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita, para avançar nos entendimentos voltados ao desenvolvimento do turismo social no Brasil.
O encontro foi encerrado com a declaração de apoio integral do ministro Gastão Vieira, junto ao Congresso Nacional, para a aprovação do Projeto de Lei 5.120, que trata da regulamentação da atividade das agências de viagens. Há três anos o referido PL passou por todas as comissões parlamentares e aguarda na fila para ser votado em plenário.
“Ficamos muito satisfeitos com o apoio do ministro Gastão Vieira e com a atenção que ele dedicou a todas as nossas proposições”, complementou Azevedo em nome dos dirigentes da entidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *