Brasileiro é o viajante que mais valoriza avaliações de hotéis, diz pesquisa

[Por Hôtelier News, 04/10/2016]
De acordo com estudo inédito da momondo, buscador de passagens aéreas e reservas de hotéis, o Brasil é o País com o maior número de pessoas que acreditam nos reviews de sites de viagens como a melhor referência na hora de decidir pela próxima hospedagem; 40% deles afirmaram dar extrema importância a este tipo de informação, superando de longe viajantes de outras nacionalidades, como os finlandeses (8%) e os holandeses (9%).
“Esse dado mostra a relevância da experiência de cada hóspede e comprova que empresários do setor devem ficar atentos à imagem de seus estabelecimentos na internet. Hoje, o brasileiro dá muito valor a informações que encontra online e isso impacta diretamente em sua decisão”, alerta Pedro Correia, responsável pela operação da momondo no Brasil.
Segundo o levantamento, no Brasil, entre as prioridades na hora de reservar o hotel, constam em primeiro lugar o preço (51%), seguida da proximidade de atrações a serem visitadas (45%) e uma boa localização (30%). Diferente dos russos, que priorizam as indicações de amigos e familiares (34%) e mais semelhante dos finlandeses, que também colocaram o valor cobrado como uma das razões mais importantes de se hospedar ou não em determinada acomodação (74%). O estrangeiro menos impactado por esse aspecto é o chinês (40%).
A média de gasto dos brasileiros com hospedagem ficou entre R$ 86 e R$ 215 (28%) e R$ 216 a R$ 300 (20%). “O comportamento de estrangeiros com relação a isso é curioso. Os russos, por exemplo, são os que mais procuram acomodações baratas, já que 20% deles revelaram se hospedar em locais que cobram até R$ 86, em contraste a 7% dos holandeses que se hospedam nos locais que cobram mais de R$ 1,7 mil”, finaliza Correia.