Hotéis de olho na Copa 2014

[Por Diário de Natal, 29/09/2011]
Preparação a todo o vapor. A Copa do Mundo de 2014 já começou a movimentar grandes, médios e pequenos hotéis da capital potiguar. O estímulo para o crescimento do número de leitos hoteleiros é de extrema importância no atual momento regional dada à movimentação de milhares de profissionais que começam a chegar por meio do turismo de eventos, negócios e até mesmo por conta das obras de mobilidade e a construção da Arena das Dunas.
De acordo com Habib Chalita, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), a hotelaria potiguar é destacada desde antes a confirmação do evento na cidade de Natal, sendo um dos destinos com a maior contratação de leitos. “Nossos hotéis são novos, alguns considerados resorts urbanos, em virtude da localização. De acordo com os levantamentos feitos pela nossa instituição, temos previsão para mais seis mil leitos até a Copa”, afirma Chalita.
O número atual de leitos em toda a Natal já ultrapassa os 28 mil leitos e há aexpectativa de que novos hotéis sejam instalados na capital potiguar. “Esses novos empreendimentos só vêm ajudar a oferta de leitos para o evento e irá beneficiar no pós-Copa”, frisa o presidente da ABIH-RN. Atualmente, são contabilizados 11 novos projetos hoteleiros, alguns já em fase de execução e outros em fase de licenciamento, que perfazem o valor de investimento de aproximadamente R$ 350 milhões em investimentos para os próximos anos. Empreendimentos urbanos, econômicos ou de rede serão instalados em diferentes bairros da cidade, como Tirol, Ponta Negra e Via Costeira, e também ao longo da orla de Natal e em municípios vizinhos.
“Tudo isso sem contar os prédios que passarão por reformas e ampliações, tudo para melhorar ainda mais a abertura do destino turístico de Natal para o mercado estrangeiro e nacional”, acrescenta.
Para Habib, o destino precisa, urgentemente, traçar estratégias de promoção com foco no evento em todas as ações de divulgação. “Acredito que deveríamos, iniciativa privada e governo doestado, criar um plano de divulgação do destino focado exclusivamente na Copa do Mundo para toda ação promocional no mercado internacional”, sugere. A ação serviria de estímulo para que o turista que vá assistir jogos em outras cidades-sede venha também para Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *