Quase toda a Europa liberada para participar de feiras na Alemanha

Atualmente, a entrada de participantes de feiras na Alemanha é possível de quase todos os países da Europa. Isso é muito importante para que a internacionalidade das feiras se reinicie na Alemanha.

Afinal, mais da metade dos expositores e visitantes de feiras de comércio exterior na Alemanha são geralmente da União Europeia (UE).

Regras especiais se aplicam a participantes de feiras em todo o mundo: eles podem até mesmo entrar de áreas de risco sem requisitos de quarentena se passarem cinco dias ou menos na Alemanha.

Em junho, o instituto de saúde pública da Alemanha (RKI), retirou vários países europeus da lista de risco, para que se aplicassem mais facilidades para viagens.

No entanto, os viajantes de feiras comerciais de áreas com variantes de preocupação estão sujeitos a uma quarentena pós-entrada obrigatória por 14 dias.

Na Europa se enquadram, atualmente, nesta categoria a Grã-Bretanha, Portugal e Rússia. Expositores e visitantes podem entrar livremente de países Schengen da UE que não são áreas de risco, como era o caso antes do início da pandemia.

No entanto, todas as pessoas que entram na Alemanha de avião devem apresentar um resultado de teste negativo, prova de vacinação ou prova de recuperação a companhia transportadora antes da partida.

Esta obrigação de fornecer tais evidências se aplica independentemente de as pessoas que entram no país terem passado algum tempo em uma área de risco.

A associação de feiras da Alemanha (AUMA) fornece informações detalhadas sobre como entrar na Alemanha para participar de feiras comerciais, incluindo informações sobre obrigações de teste, requisitos de quarentena, vacinas reconhecidas e regulamentos em  https://www.auma.de/en/exhibit/legal-matters/entry-requirements

 

Fonte: Portal Radar