Ipetur prevê chegada de 800 mil turistas no Rio de Janeiro durante Olimpíadas

[Por Hôtelier News, 01/08/2016]
O recém criado Ipetur-RJ (Instituto de Pesquisas e Estudos do Turismo do RJ) – fruto de uma parceria da Associação dos Embaixadores de Turismo do Rio de Janeiro, Preservale, Fundação Cesgranrio e Site Consultoria em Turismo – apresentou um estudo sobre as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Coordenado por Bayard Boiteux, diretor executivo do instituto, o estudo prevê que a cidade receberá 800 mil turistas durante o evento, sendo 500 mil brasileiros e 300 mil estrangeiros.
De acordo com as perspectivas, os turistas internacionais virão da Europa (40%), da América do Norte (20%), da América do Sul (25%), da Ásia (9%) e 6% do resto do mundo. Os turistas deverão representar 89 diferentes países e terão um gasto médio diário de US$ 250, permanecendo em média nove dias.
Segundo Boiteux, o evento vai gerar 85 mil novos empregos diretos ou indiretos e vai mobilizar parte da população, que alugou seus imóveis ou ainda quartos em suas residências. A ocupação dos hotéis deverá ser de 80% na Barra; 85% na zona sul; 65% no centro e arredores. A previsão é que 1,8 mil quartos em residências sejam alugados e 850 apartamentos nos arredores da Vila Olímpica.
O coordenador da pesquisa demonstrou preocupação com o pós evento, levando em consideração que não há nenhuma ação de marketing efetiva até hoje. O executivo afirmou que após as Olimpíadas os hotéis na área da Cidade Olímpica e Barra não devem ultrapassar uma ocupação de 35%, se não houver um esforço de marketing individual.