China ultrapassa EUA em viagens corporativas, diz GBTA

[Por Panrotas, 12/07/2016]
Pela primeira vez na história, a China ultrapassou os Estados Unidos como maior mercado para as viagens corporativas. Em 2015, os chineses movimentaram US$ 291,2 bilhões nessas viagens, crescendo 11,4% sobre 2014 e ultrapassando os norte-americanos, que, com 2,2% de de avanço, somaram US$ 289,8 bilhões no ano.
Os números são do informe anual sobre viagens corporativas da Global Business Travel Association (GBTA). O relatório mostra que, em 2015, gastos de viajantes corporativos no mundo todo totalizaram US$ 1,2 trilhão de dólares, 5% a mais que o valor gasto no ano anterior.
Veja aqui o ranking dos principais mercados desse setor. Em nona posição, o Brasil é o único entre os dez primeiros que enfrentou uma queda no ano passado.
A GBTA comemorou o levantamento global, que, mesmo em um momento de incertezas na economia, mostrou um crescimento sólido nas viagens corporativas. “O setor demonstrou uma tremenda resiliência, crescendo devagar e continuamente mesmo com uma economia internacional enfraquecida, ataques terroristas, problemas de saúdes globais e outros obstáculos”, ressaltou o diretor executivo e COO da GBTA, Michael W. McCormick.
PREVISÕES
O informe da GBTA inclui ainda previsões para o mercado de viagens corporativas nos próximos anos. A associação espera que esse segmento cresça em uma média de 5,8% ao ano até 2020, alcançando US$ 1,6 trilhão.
“As viagens corporativas continuam crescendo conforme o mundo se torna mais conectado, e a transição para métodos eletrônicos de pagamento vai ajudar os negócios a reduzir custos e pagar por gastos de viagens de forma mais eficiente”, destaca McCormick.
Índia, Indonésia, Turquia, Noruega e China, nessa ordem, deverão ter o maior crescimento em viagens corporativas nos próximos cinco anos. Na previsão da GBTA, o Brasil terá um dos menores avanços, abaixo dos 4%.