Investimento no Turismo soma R$ 899 milhões

[Por Mercado e Eventos, 29/09/2015]
O financiamento de bancos públicos para o setor de turismo teve em junho o melhor desempenho deste ano. Foram R$ 899 milhões em operações de crédito realizadas pelo Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste, um aumento de 34% em relação ao mês de janeiro, quando foram desembolsados R$ 670 milhões em empreendimentos do setor.
Os empréstimos incluem construção e reformas de hotéis, bares, restaurantes, parques temáticos e outras atividades relacionadas, que somam R$ 78 bilhões desde 2003, quando o Ministério do Turismo começou a articular linhas especiais para o setor com as instituições financeiras. A Caixa Econômica lidera entre os bancos que mais emprestaram dinheiro para o setor, com 52% dos desembolsos, seguida pelo Banco do Brasil, com 37%.
“A articulação com os bancos públicos tem se mostrado uma iniciativa muito eficaz para ampliar o crescimento da atividade, além de promover a geração de empregos no segmento”, diz o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. O Brasil tem hoje cerca de 28 mil meios de hospedagem, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis e o desempenho do segmento alcançou um crescimento médio de 7,5% ao ano.
Os hotéis movimentam a economia do país, geram cerca de 400 mil empregos diretos e 1,5 milhão de ocupações indiretas. Entre os tipos de hotéis que mais cresceram nos últimos anos estão os da categoria de médio conforto, também chamados de midscale.