“Copa é gatilho para alavancarmos mais negócios”, afirma executivo

[Por Portal da Propaganda, 19/02/2014]
A Copa de 2014 ainda é uma grande oportunidade para o segmento de Live Marketing. Esta foi a opinião de Gilmar Pinto Caldeira, CEO do Núcleo da Copa do Grupo Águia, em sua apresentação “Eventos – Agenda Positiva da Copa e Benefícios”, durante o IX ESFE – Encontro do Setor de Feiras e Eventos, na última terça-feira (18). O painel teve a participação da AMPRO, por meio do seu presidente, Kito Mansano, e do VP de Relações Institucionais da Entidade, Alexis Pagliarini, além da presença de representantes de outras entidades e empresas relacionadas ao setor, como a presidente da ABEOC Brasil, Anita Pires.
Para Caldeira, o mercado de ativação de marcas será um dos mais movimentados até o Mundial. “O Brasil será invadido por todas as marcas possíveis e imagináveis. Além disso, muitas empresas especializadas já investem em experiências com clientes – o que conhecemos como marketing de incentivos, eventos, festas e o chamado Buzz Marketing. Seremos o palco do marketing mundial”, enfatizou.
O especialista falou ainda sobre outros aspectos positivos da Copa, como as oportunidades de desenvolvimento do “talento brasileiro”, na formação de guias, coordenadores – “Mais de três milhões de pessoas estão fazendo cursos de inglês para trabalharem durante a Copa”, informou Gilmar Caldeira – aprimoramento dos serviços em transfers, hotéis e restaurantes – já são 24 mil mesas reservadas para o Mundial -, entre outros.
O presidente da AMPRO, Kito Mansano, foi um dos debatedores do painel e enfatizou o crescimento do setor de Live Marketing no Brasil. “Já movimentamos mais de R$ 40 bilhões. Dentre as quase 400 agências associadas AMPRO, temos informação de que cerca de 80 já estão trabalhando diretamente com produtos para a Copa, sem contar os eventos que chamamos de marketing complementar. O Mundial é apenas um gatilho para que alavanquemos muito mais negócios para o nosso mercado”, afirmou.
Alexis Pagliarini, VP da Entidade e diretor de Marketing do WTC Events Center e Sheraton São Paulo WTC, disse também estar otimista. “O brasileiro está acostumado a trabalhar apesar de tudo, driblar os problemas e tirar o melhor proveito. Teremos bastante movimentação de eventos paralelos durante a Copa, agências tem procurado os serviços do WTC para a organização de meeting points, por exemplo, então estamos otimistas”.
O painel contou ainda com a participação da presidente da ABEOC- Associação das Empresas Organizadoras de Eventos, Anita Pires; do presidente executivo da Casa Cor, Angelo Derenze; do presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Edmar Bull; do coordenador técnico da área educacional de turismo, lazer e eventos do Senac-SP, Marcelo Calado; do gerente de Gastronomia da Levy Restaurantes, Gustavo Torres; e do fundador do Experience Club, Ricardo Natale.
O IX ESFE aconteceu no WTC Convention Center, em São Paulo. Outros detalhes: www.esfe.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *