Turismo fluminense: investimentos de 187 milhões este ano

[Por CNC, 19/12/2013]
A última reunião do ano do Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) recebeu o secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro e presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), Ronald Ázaro, que fez um balanço das atividades de 2013 e apresentou as perspectivas para 2014, no estado.
Ázaro afirmou que a política estadual de turismo teve como principais objetivos a promoção do setor, a capacitação e a melhoria da infraestrutura, necessários para o crescimento da atividade no estado. Este ano, foram investidos 187 milhões de dólares em projetos e obras para o turismo do estado do Rio de janeiro com recursos públicos do Prodetur, programa de investimentos do Ministério do Turismo (MTur), e privados. “Através do Ministério, com o Prodetur, um programa focado na comercialização e fortalecimento de todo o setor turístico, conseguimos investimentos que chegaram a US$ 187 milhões anuais somente no Rio de Janeiro, abrangendo 52 municípios com ações e benefícios”, disse Ázaro.
Entre as obras, o secretário destacou a construção do Museu da Imagem e do Som (MIS) que deve estar concluída no final deste ano e que contou com investimentos de US$ 27 milhões, 2/3 destes da iniciativa privada. “A previsão é de que em um ano já tenhamos o retorno desses investimentos”, afirmou Ázaro. Para Ázaro, ter assumido a presidência do Fornatur ampliou interlocução com o MTur para captação de recursos destinados a investimentos nos municípios, o que possibilitou mais de 20 convênios. “O Fornatur me deu uma interlocução mais próxima com o ministério o que proporcionou para o estado uma chance maior de trazer recursos e programas, chegando a um nível que o Rio não alcançava há muito tempo”, afirmou.
Planejamento e monitoramento do turismo
Ronald Ázaro falou da importância de monitoramento do setor para que se desenvolva um planejamento das ações e afirmou que os conselhos de turismo são essenciais para este trabalho. “A gestão pública funciona de 4 em 4 anos e esses conselhos são os fiéis depositários da gestão permanente e continuada do turismo no estado. São os responsáveis pela continuidade de uma política pública acertada, e de mudar o que for necessário”, disse.
O estado está investindo na coleta de dados com projetos com o Estudo de Demanda Atual e Potencial, com aporte de R$2,9 milhão, e ainda o inventário da oferta turística dos destinos com investimentos de R$1,4 milhão, os projetos vão alcançar 23 municípios. “Quando entrei na secretaria me ressenti da falta de dados sobre o turismo no estado”, lembrou o secretário.
Para 2014 muitos projetos apresentados terão continua, principalmente por causa da Copa do Mundo. “Estamos com programa de formalização do profissional de turismo em diversos municípios do interior, identificação de oportunidades de negócios, sinalização turística e campanha do marketing para Copa 2014, são projetos que já estão em fase final para estarmos preparados para os megaeventos”, contou Ázaro. “É preciso se preocupar com o depois, quando o Rio não estará mais na vitrine do mundo, como neste momento de grandes eventos”, concluiu.
Novos Conselheiros
O conselho empossou ainda 7 novos conselheiros e prestou condolências pelo falecimento do conselheiro Harvey Silvelo, com um minuto de silêncio e homenagem durante a reunião. Os novos conselheiros são: Carlos Alberto Lidizia Soares, diretor da Faculdade de Turismo e Hotelaria da UFF; Eduardo Jorge Costa Mielke, subsecretário de Turismo de Teresópolis; Lúcio Emílio de Faria Jr., vice-presidente da Fecomércio-MG; Osiris Ricardo Bezerra Marques, coordenador do Observatório do Turismo do Rio de Janeiro; Ricardo Oliveira da Silva, professor e coordenador adjunto do curso de Turismo da UniverCidade e diretor executivo do IPETUR; Sergio Junqueira Arantes, jornalista e fundador da Eventos Expo Editora e Sergio Luiz Bicca, coordenador do Programa de Qualidade da ABEOC Brasil e Sócio Fundador da Brasil Fidelidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *