Expansão de multinacionais fortalece o turismo de negócios no Pará

[Por Agência Pará de Notícias, 17/11/2013]
O município de Itaituba concluiu o levantamento dos atrativos turísticos locais, como as belezas naturais da região, incluindo cavernas, cachoeiras e parques. O resultado foi apresentado ao Governo do Estado, na última quinta-feira, 14, por representantes da prefeitura, Município da região turística do Tapajós, Itaituba é um dos polos prioritários do Plano Estratégico de Turismo Ver-o-Pará, uma vez que o crescimento da zona portuária da cidade favorece o turismo de negócios e o desenvolvimento econômico local.
No encontro mantido com o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, o secretário de Meio Ambiente, Mineração e Produção, Valfredo Marques Junior, explicou que o município possui três portos em licença prévia e um outro com licença de instalação, no distrito de Miritituba, para operação de grandes empresas multinacionais como Bungee e Cargill. “Temos feito uma reestruturação da gestão municipal de Itaituba”, acrescentou. “Tivemos aprovado inclusive um convênio com o Ministério das Cidades para recuperação da malha viária e da macrodrenagem do município, especialmente, na área urbana”.
Para Adenauer Góes, “o turismo entra em cena quando se favorece a movimentação de pessoas, com o aumento do fluxo em função desses empreendimentos para prospecção e fechamento de negócios”. Ele explicou que existe um planejamento no Estado para que os municípios possam entender o turismo como uma atividade econômica.
O diretor de Turismo de Itaituba, Aécio Rodrigo, lembrou a existência, no município, do Parque Nacional da Amazônia, o terceiro maior do Brasil em hectares, e também o conglomerado de 73 cavernas “fantásticas” cadastradas pela Sociedade Brasileira de Espeleologia, como por exemplo, a Caverna das Mãos, que contém gravuras rupestres. A Sociedade Brasileira de Espeleologia é uma associação sem fins lucrativos, que congrega interessados na exploração, pesquisa e preservação de cavernas, assim como nas ciências e atividades correlatas ao meio ambiente. Fundada em 1969, a SBE incentiva, organiza e difunde atividades relacionadas à espeleologia, no campo esportivo, social e científico.
Quanto ao pequeno distrito de Miritituba, saiu da condição de anonimato para se tornar alvo da atenção dos principais investidores nacionais e internacionais. O local está se transformando num dos maiores portos de escoamento de grãos do país, anunciaram os representantes do município. Sua localização estratégica, às margens do rio Tapajós, 300 quilômetros ao sul de Santarém, e com acesso curto e rápido para a BR-163, a Santarém-Cuiabá, garante o rápido escoamento da safra nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *