Brasil ganha destaque como emissor internacional

[Panrotas, 28/01/2015]
MADRI – O Brasil ganhou destaque no documento que resume as primeiras estatísticas do Barômetro do Turismo Mundial, divulgado ontem pela Organização Mundial do Turismo OMT, em Madri.
Apesar do aumento no número de turistas internacionais, por conta da realização da Copa do Mundo, foi o crescimento do turismo emissivo do Brasil que colocou o país entre as menções do comunicado da OMT.
Segundo o estudo, o Brasil garante sua posição entre os principais destinos emissores ao voltar a registrar crescimento no ano passado, de 2% na comparação com 2013.
A Rússia, outro importante emissor, teve queda de 6%. A China segue em primeiro lugar, posto que ocupa desde 2012, tendo registrado no ano passado 109 milhões de viagens internacionais, com gastos dos chineses no Exterior de US$ 129 bilhões em 2013.
O Barômetro Mundial confirma a superação da marca de um bilhão de chegadas internacionais, alcançada em 2013. No ano passado, o mundo registrou 1,138 bilhão de chegadas, um aumento de 4,7% em relação ao ano anterior. Para 2015, a projeção da OMT é de crescimento de entre 3% e 4% nesse índice.
Por regiões, as Américas tiveram o maior crescimento percentual, de 7%, seguida pela região da Ásia e Pacífico, de 5%. A Europa e o Oriente Médio registraram aumento de 4%, enquanto a África viu esse número crescer 2%.Ao todo, as Américas receberam 181 milhões de turistas internacionais no ano passado.
“Estimamos que a demanda continuará crescendo em 2015 à medida em que a situação econômica mundial melhore, ainda que existam muitas dificuldades no caminho”, alertou o secretário geral da OMT, Taleb Rifai.