Governador do Alagoas lança Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo

[Por Aqui Acontece, 18/07/2013]
O governador Teotonio Vilela Filho participou, nesta quarta-feira (17), do Lançamento do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo de Alagoas, no Centro de Convenções. O Plano é regido por Decreto Governamental e lança a diretriz política do turismo no Estado com o objetivo de descentralizar, de forma compartilhada, responsabilidades, esforços e o compromisso com o desenvolvimento do turismo sustentável no Estado, nas diversas esferas públicas e no setor do turismo.
“O Plano está pronto e foi feito com a participação dos municípios e do trade turístico. Esse é um momento importante, um marco para Alagoas que é o primeiro Estado do Nordeste a elaborar um Plano dessa natureza”, disse Vilela. “Agora, teremos desdobramentos para resultados concretos para o turismo se desenvolver de forma sustentável e efetiva em todo o Estado”.
De acordo com o governador, o Plano comporta programas e projetos que devem ser executados de 2013 a 2023. “Esse plano vai projetar os próximos dez anos no Estado e foi construído para auxiliar e otimizar os recursos investidos no setor”, afirmou. “Temos muito trabalho à frente e esse trabalho deverá ser feito por todos nós. Vamos fazer isso de uma forma compartilhada com todos os agentes que podem dar a sua contribuição. Por isso, quero conclamar a todos os envolvidos com o setor no Estado a avançarmos cada vez mais. Vamos interagir com a Secretaria de Turismo por que estamos no caminho certo, estamos avançando e hoje Alagoas é o destino turístico que mais cresce no país”
Vilela anunciou que, no primeiro semestre deste ano, o Destino Alagoas cresceu 17% em número de visitantes, com relação ao mesmo período do ano passado.
A secretaria de Turismo, Danielle Novis, que fez a apresentação do Plano Estratégico, disse que o documento foi construído nas regiões de turismo no Estado e com a participação de todos. “O Plano garante que o destino Alagoas seja sustentável e econômica e ecologicamente viável por muito tempo. Esse produto não é da Setur, é um produto de quem trabalha e acredita no turismo em Alagoas”, afirmou.
Jair Galvão, representante do Ministério do Turismo que fez a apresentação do Plano 2013-2016 e a categorização Turística Nacional durante a solenidade, disse que comemora com Alagoas mais essa conquista na área. “Compartilho e comemoro com o governador essa entrega. Esse é o primeiro Plano do Nordeste de apoio ao turismo e atende a uma das prioridades do Ministério do Turismo. Trago aqui os cumprimentos do Ministro Gastão Vieira ao governador e sua equipe na Setur”, afirmou.
Ele disse que ações como essas fazem parte do planejamento do Ministério do Turismo para elevar a classificação do Brasil para o terceiro lugar em visitação turística. “Atualmente, o Brasil ocupa a sexta colocação”, informou Galvão.
Foram também apresentadas as novas formas de análise da Categorização Turística do Programa de Municipalização e Regionalização do Turismo pela secretária-adjunta do Turismo, Raquel Tenório.
Em seguida, foi feita a entrega do Caderno de Orientações Operacionais para a Categorização Turística, instrumento metodológico do programa estruturante de Municipalização e Regionalização do Turismo. A categorização será realizada com os municípios anualmente.
Para o ciclo de 2013, o caderno contempla conteúdos explicativos importantes, como o significado de emenda parlamentar e como uma governança organizada pode convergir esforços na busca de recursos necessários para execução dos planos de ação, a questão da sustentabilidade focando em aspectos de pertença cultural e de valores comunitários e, também, ajustes nos moldes de medição e apresentação de evidências de comprovação de desenvolvimento territorial.
Após a assinatura do Decreto do Plano Estratégico/Alagoas pelo Governador, foram entregues as menções de reconhecimento do Estado aos prefeitos e secretários de turismo dos municípios de Marechal Deodoro, Maragogi, Piranhas, Penedo, São José da Laje e Maceió. Os municípios que participaram da categorização turística no ciclo de 2012 foram reconhecidos em sete categorias: Oferta e Demanda Turística; Cadastro Cadastur; Infraestrutura de Apoio; Marketing Institucional; Estudos e Pesquisas do Turismo; Políticas Públicas e Regionalização do Turismo; e Competitividade Turística. Na sequência, instituições do setor turístico no Estado receberam placas de reconhecimento da Secretaria do Turismo.