Embratur e ABEOC querem mais eventos internacionais para o Brasil

[Destino RN, 05/04/2013]
A Embratur e a ABEOC assinaram termo de cooperação técnica para incrementar a promoção do Brasil como destino de eventos.
“A realização da Copa do Mundo FIFA 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos em 2016 no Brasil servirá como marco de um novo ciclo virtuoso do país, como sede de eventos internacionais”.
Com essa declaração o presidente em exercício da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Marcelo Pedroso, anunciou a assinatura do termo de cooperação técnica entre Embratur e ABEOC (Associação Brasileira de Empresas de Eventos).
“De 2003 para 2011, saltamos de 19º para 7º país que mais realiza eventos internacionais, e queremos incrementar a promoção do Brasil no segmento. Este documento marca a união de esforços entre iniciativas pública e privada para elevar ainda mais o número de eventos estrangeiros realizados no país”.
O presidente em exercício destacou, ainda, que os megaeventos esportivos no Brasil deverão ser vistos como o começo de uma nova projeção das cidades brasileiras como destinos de negócios e eventos.
“O trabalho de captação de eventos deve ser constante, e continuar atraindo esses encontros internacionais é a forma mais eficaz de movimentar esse segmento tão importante para trazer turistas e divisas”, ponderou.
Segundo ele, o mercado irá dispor, cada vez mais, de uma estrutura ampliada – com o aumento da rede hoteleira, melhorias nos aeroportos e na mobilidade urbana e local – para a realização dos eventos.
“A exemplo disso, temos os espaços que estão sendo construídos para a Copa, que são arenas multiuso, com toda capacidade para receber iniciativas de diversas naturezas”, disse o presidente em exercício.
Para a presidente da ABEOC, Anita Pires, as ações conjuntas deverão expandir o número de eventos internacionais no Brasil. “Sediamos hoje mais de 300 encontros estrangeiros, em mais de 40 cidades. Nosso objetivo é alcançar números maiores a cada ano”, comentou Pires.