Recife: ​Frevo e futebol em plena sintonia

[Por Mercados&Eventos, 04/03/2013]
Recife – “A capital pernambucana já tem a experiência em organizar grandes eventos”. É assim que o secretário de Turismo da cidade do Recife, Felipe Carreras, destaca a capacidade do destino para receber a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. De acordo com o titular da pasta, diversas obras de infraestrutura estão sendo realizadas para que o turista aproveite a capital pernambucana.
Dentre as obras, a revitalização do Recife Antigo é uma das mais festejadas. O Marco Zero foi escolhido para receber a Fan Fest da Copa do Mundo de 2014. A praça, que fica na região portuária, e sedia o Museu Luiz Gonzaga e o Centro de Artesanato, será palco do evento durante os 32 dias de torneio e receberá transmissão das 64 partidas do Mundial.
“O local é um ponto turístico tradicional do Recife. Da praça, que tem desenho de Cícero Dias, é possível ver o parque de esculturas do também artista plástico Francisco Brennand. A opção agradou aos gestores da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado justamente por possibilitar vender uma imagem de cidade cheia de riquezas culturais e arquitetônicas. O local recebe também os principais shows do Carnaval recifense”, disse Felipe Carreras.
Ao lado, o Porto de Recife também passa por reestruturação e, segundo o secretário, vai ficar pronto em abril deste ano, com maior capacidade para receber cruzeiros. “Com o novo terminal, os passageiros irão desembarcar em galpões estruturados, integrados ao projeto de revitalização do porto, que já conta com a Central do Artesanato”, comemorou.
Outro empreendimento que passa por reforma é o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre. Intervenções estão sendo realizadas para atender melhor o fluxo. “Além das melhorias nas estruturas físicas, o terminal passará a contar, a partir deste mês, com o Projeto Eficiência Operacional, que tem como objetivo promover mudanças em processos simples, como o check-in e a inspeção de passageiros”, descreveu.
Para receber todos com qualidade, a qualificação de profissionais também é política da Secretária de Turismo em parceria com outras pastas. Recepcionistas de hotéis e permissionários dos mercados públicos do Recife serão os beneficiados nesta etapa, com cursos de qualidade no atendimento, patrimônio e educação ambiental, inglês instrumental e boas práticas alimentares. “Vamos qualificar recepcionistas, cozinheiros, guias de turismo, barraqueiros de coco, artesãos, taxistas, garçons, guardas municipais e permissionários dos mercados. Tudo para que quem venha ao Recife sinta-se a vontade e queira voltar”, afirmou o secretário.
Atualmente, o Recife possui 11.500 leitos disponíveis. O número é maior, contando com os mais de quatro mil que há em Olinda e Jaboatão. A previsão é que na Copa do Mundo esse número aumente. “Vamos chegar a 21 mil leitos. Junto com a ABIH-PE estamos sensibilizando os empresários da área para que os preços das diárias não aumentem tanto para que não fiquemos com a fama de um destino caro”, finalizou.
Por dentro da preparação
# Os investimentos públicos em Pernambuco relacionados aos dois eventos já atingem a estimativa de R$ 2,2 bilhões, entre recursos locais, orçamento federal e financiamento federal. A maior parte desse montante – R$ 1,4 bilhão -, será empregado nas obras consideradas prioritárias para o Estado receber os eventos.
#Dentro da Matriz de Responsabilidades da Copa, a Prefeitura do Recife realiza uma intervenção viária batizada de Via Mangue, com investimento de R$ 433,2 milhões (R$ 331 milhões de financiamento federal e R$ 102,2 milhões de contrapartida municipal). A Via Mangue será composta por faixas de rolamento para veículos, calçadas para pedestres e ciclovia, se constituindo na primeira via expressa da cidade, com velocidade média de 60 km/h. No sentido Centro/Boa Viagem, terá 4,75 quilômetros. Já no sentido Boa Viagem/Centro, a extensão é de 4,37 quilômetros.
# Atualmente, o comitê organizador estima que 30 mil leitos estão à disposição dos turistas. No entanto, a soma leva em consideração toda a Região Metropolitana do Recife, além de cidades afastadas da capital, como Gravatá e Bezerros, que ficam a 111 quilômetros da cidade. A expectativa é que pelo menos quinze hotéis sejam construídos até a Copa do Mundo de 2014 no litoral sul de Pernambuco. Se os projetos saírem do papel, o estado irá elevar o número de leitos para 37 mil.
# Na Copa das Confederações, o público pernambucano poderá assistir a três campeões mundiais em campo nas partidas que Recife sediará. Os jogos são da fase de grupos. Na primeira partida, no domingo 16 de junho às 19h, jogarão a atual vencedora da Copa do Mudo da Fifa (2010), a Espanha e o Uruguai, bicampeão (1930 e 1950), pela primeira rodada do grupo B. O segundo jogo será disputado na quarta-feira 19 de junho, também às 19h, por Japão e Itália, tetracampeã do Mundial de futebol (1934, 1938, 1982 e 2006). A partida é válida pela segunda rodada do grupo A. A última partida, pela rodada decisiva da fase inicial, traz a campo novamente duas equipes do grupo B, Uruguai e Taiti, e será disputada no dia 23 de junho, domingo, às 16h.