Número de hostels em São Paulo aumentou em 2012

[Por Hoteliernews, 6/02/2013]
Recente levantamento realizado pela SPTuris (São Paulo Turismo), por meio de seu Observatório do Turismo da Cidade de São Paulo, mostra que o número de hostels da cidade mais que dobrou no último ano. Segundo o relatório, a cidade de São Paulo fechou 2012 com 52 albergues da juventude em funcionamento, ao passo que no encerramento de 2011 o montante era de 22.
Segundo Marcelo Rehder, presidente da entidade turística da capital paulista, o resultado indica uma tendência. “Essa ‘explosão’ de hostels aponta uma nova intenção do turista. Uma das explicações pode ser o fato de que os jovens, público majoritário deste tipo de hospedagem, estão cada vez mais atraídos por São Paulo, sinalizando que a cidade está consolidada como um destino cultural, de entretenimento e de eventos”, teoriza.
Para o presidente, os viajantes que têm os albergues como abrigo são bem diferentes dos que utilizam os hotéis. “Entre as pessoas que se hospedam na rede hoteleira, a maior motivação são os negócios e logo em seguida na ordem de interesses vêm os eventos. Lazer aparece em terceiro lugar, mas também já desponta como motivo para vir a São Paulo”, comenta.
No início deste ano, o mesmo observatório realizou um estudo traçando o perfil do clientes dos hostels da capital paulista.