Embratur e SPTuris discutem diretrizes para conquistar Expo Mundial 2020

[Por Brasilturis, 07/02/2013]
Para dar mais visibilidade ao trabalho da prefeitura e do Estado de São Paulo, o presidente da Embratur – Insituto Brasileiro de Turismo, Flávio Dino, se reuniu com o presidente da São Paulo Turismo (SPTuris), Marcelo Rehder, para discutir novas diretrizes para a conquista da Expo Mundial 2020. “O evento será o coroamento dos grandes eventos que estamos realizando no país, por isso a Embratur dará apoio a São Paulo na campanha de divulgação e de promoção da cidade”, explicou Dino. Segundo Rehder, o apoio da Embratur é essencial para conquista.
A eleição da próxima sede da Expo 2020 acontecerá em novembro, em Paris, quando o BIE – Bureau International des Expositions decidirá qual das cinco cidades têm condições de abrigar o evento. Além de São Paulo, estão na disputa Dubai (Emirados Árabes Unidos), Esmirna (Turquia), Ayuthaya (Tailândia) e Iekaterinburgo (Rússia). O evento, que tem duração de seis meses, deverá atrair para São Paulo cerca de 30 milhões de visitantes e deverá ser realizado no Centro de Convenções de Pirituba, ocupando uma área de mais de cinco milhões de metros quadrados, distribuídos entre centro de conferências, área de exposições, shopping center, hotéis, instalações e serviços.
O tema da Expo 2020 é “Força da diversidade, harmonia para o crescimento” e pretende estimular a criação de projetos de inovação nas áreas de políticas públicas, sociais, econômicas, ambientais e de infraestrutura. A última edição do evento aconteceu em 2010, em Xangai e contou com a participação de 190 países e 50 organizações internacionais. A exposição chinesa foi a maior já realizada e recebeu 73 milhões de pessoas. A Exposição 2015 será em Milão, Itália.