Complexo do Alemão: novo ponto turístico do Rio de Janeiro

[Por MTur, 21/01/2013]
Ministro Gastão Vieira visita teleférico da comunidade pacificada e afirma que o governo federal quer apoiar projetos de qualificação no local
Os olhares curiosos, os cliques de câmeras fotográficas e os idiomas estrangeiros falados no vai e vem do teleférico do Morro do Alemão revelam que o turismo chegou ao local. De acordo com a Supervia Trens Urbanos, responsável pela administração do equipamento, 14 mil pessoas transitam diariamente pelos vagões suspensos da comunidade pacificada. Desse total, o turismo responde por 35,7% durante os dias úteis e 64,3% aos fins de semana. O quantitativo é superior ao registrado pelos vagões do Pão de Açúcar, conhecido como um dos principais pontos turísticos do estado.
O ministro do Turismo, Gastão Vieira, visitou o local e afirmou que o governo federal tem interesse em apoiar projetos que ajudem a estruturar a oferta turística e ampliar os ganhos para a economia local. “Pesquisa que encomendamos à Fundação Getúlio Vargas no Dona Santa Marta revela que o turista, principalmente o estrangeiro, ainda gasta pouco no morro. Se oferecermos qualificação podemos gerar emprego e renda para os moradores”, destaca Vieira. De acordo com o levantamento da FGV, mais da metade dos visitantes estrangeiros gastou, no máximo, R$ 5 no morro.
A visita técnica ao morro começou na estação Bonsucesso. A comitiva seguiu para a estação Palmeiras, parada final do teleférico, onde Gastão Vieira conheceu uma Unidade de Polícia Pacificadora – UPP. De um extremo a outro, os vagões suspensos passam por seis estações e percorrem pouco mais de cinco quilômetros sobre 23 comunidades, num total de 400 mil habitantes. O secretário Nacional de Políticas de Turismo do MTur, Vinícius Lummertz, também esteve presente nas visitas técnicas ao lado do ministro.
Os secretários de Turismo e de Transporte do estado do Rio de Janeiro, Ronald Ázaro e Júlio Lopes, respectivamente, acompanharam a programação. Antes de embarcarem no teleférico, representantes do estado e do governo federal visitaram a central de controle da Supervia, onde toda a malha ferroviária do metrô é monitorada e gerida.
Após a agenda no morro, o ministro Gastão Vieira seguiu para o Palácio Guanabara, onde será recebido pelo governador em exercício, Luiz Fernando Pezão.