Estudo aponta fase positiva para resorts do País

[Por Hotelier News, 14/12/2012]
No ano passado, os resorts brasileiros tiveram uma ocupação média de 50% e receita total por quarto ocupado de R$ 683. Os números, revelados recentemente no relatório Resorts em números Brasil 2012, produzido pela Jones Lang LaSalle Hotels, sinalizam melhoria neste segmento e são superiores aos medidos em 2010 – 46% e R$ 616, respectivamente.
A consultoria aponta que o cenário positivo foi influenciado pela participação da classe média na economia brasileira, que trouxe às indústrias turística e hoteleira um novo mercado consumidor de lazer.
Em 2011, pela primeira vez na história do País, mais pessoas viajaram de avião do que de ônibus.
Queda
O bom desempenho doméstico, contudo, contrasta com o mercado estrangeiro. A Jones Lang afirma que, devido às crises econômicas enfrentadas na Europa e nos Estados Unidos, em parte, a participação do turista estrangeiro nos resorts caiu – de 12,3%, em 2010, o número médio diminuiu para 7,1% em 2011.
De toda forma, o material indica um 2012 positivo no fechamento total, principalmente no que tange à taxa de ocupação, ainda sem dados preliminares divulgados.
Metodologia
Para produzir as análises, a consultoria se valeu de dados da Resorts Brasil e do Guia Panrotas de Resorts e Hotéis de Lazer de 2011, somando no País um total de 103 meios de hospedagem desta categoria – entre independentes, de redes nacionais e de redes internacionais.