MinC apoia cidades-sede da Copa

[Por MinC, 17/01/2013]
Marta Suplicy recebeu secretários de Cultura e coordenadores de GTs das doze localidades
A reunião da ministra Marta Suplicy com secretários de Cultura e coordenadores aconteceu em Brasília
Transformar a cultura brasileira no grande diferencial da Copa do Mundo de Futebol é o objetivo do Ministério da Cultura para 2014. Para isso, a ministra Marta Suplicy se reuniu com secretários de Cultura estaduais e municipais e com coordenadores de Grupos de Trabalho das 12 cidades-sede da Copa de Futebol 2014, na manhã desta quinta-feira (17), em Brasília.
A equipe do MinC – composta pela secretária-executiva do MinC, Jeanine Pires, e pela assessora para a Copa do Mundo, Fernanda Hummel, e pela diretora Renata Monteiro – apresentou as ações para este ano e o lançamento de editais de conteúdo para 2014, visando à formulação das agendas culturais das cidades.
“A cooperação com os municípios é imprescindível para podermos mostrar o Brasil na sua diversidade para o mundo”, declarou a ministra. As conversas bilaterais com as prefeituras continuarão no encontro nacional de prefeitos, no final de janeiro, quando será aberta uma agenda de atendimento com o MinC para a análise da situação específica de cada cidade.
Diferencial
O objetivo é trazer a cultura brasileira como “o grande diferencial, fortalecendo a identidade nacional ao organizar uma agenda cultural a partir do que as cidades estão montando”, explicou a secretária Jeanine, que anunciou: “ Será o maior festival de cultura brasileira.”
Em 2013, as cidades-sede terão apoio do MinC para a formulação das agendas culturais que acontecerão durante a Copa do Mundo e a Copa das Confederações. Já para 2014, o MinC desenvolverá editais de conteúdo para a realização das apresentações nas cidades que receberão os jogos. A programação será dividida em quatro pilares: Brasil Audiovisual, Brasil Criativo, Brasil Diverso e Brasil das Artes.
A programação cultural nas 12 cidades-sede acontecerá em espaços em parceria com a Fifa, nas Fifa Fan Fest, espaços oficiais de transmissão de jogos que ficarão próximos aos principais pontos turísticos das localidades. Praças públicas e parques também serão aproveitados em atrações nas diversas linguagens culturais mobilizadas a partir da internet, atividade conhecida como Flash Mob, além de equipamentos culturais já existentes que servirão de palco para uma programação mais ampla. A circulação da produção brasileira pelas cinco regiões do país é outro ponto a ser trabalhado na agenda de Cultura para a Copa.
No próximo mês, acontecerão visitas às cidades-sede para saber quais projetos estão sendo elaborados e de que maneira o MinC pode apoiá-los para a inserção na programação cultural da Copa. O legado cultural também é um dos princípios norteadores das ações realizados em parceria com o MinC por meio da revitalização de equipamentos e do Legado Museal que irá qualificar os museus para receber o turista nacional e estrangeiro.
A ministra ainda lembrou que o trabalho cultural deve ser pensando além do centro das cidades- sede para chegar também às periferias, de forma a vislumbrar o cenário cultural do país nos próximos anos. “É preciso que as programações das cidades sejam elaboradas levando em conta políticas culturais, como o Vale-Cultura, que estará em pleno vapor em 2014″, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *