ABEOC ES reúne-se com Prefeitura de Vitória para discutir bitributação

Na quarta-feira (10/06) reuniram-se na Prefeitura de Vitoria-ES, sobre o tema bitributação, a Diretoria da ABEOC Brasil Estadual Espírito Santo representada pelo presidente Claudio Cardoso, Diretor de Relações Institucionais Marcelo Braga e o Conselheiro Fiscal Luiz Matielo, com o Secretário de Turismo Leo Krolhing e o Subsecretário de Receita (SEFA) Henrique Valentim. Ficou definido que será feito um requerimento pela ABEOC ES, para o estudo da PMV sobre o tema. Ambos Secretários assumiram o compromisso de darem os encaminhamentos necessários e realizarem o estudo para dar um parecer à ABEOC.

Reunião da ABEOC ES com Secretários da Prefeitura de Vitória
Da esquerda para a direita: Conselheiro Fiscal da Abeoc ES Luiz Matielo, Diretor de Relações Institucionais da Abeoc ES Marcelo Braga, Subsecretário de Receita (SEFA) da PMV Henrique Valentim, Secretário de Turismo da PMV Leo Krolhing e Presidente da Abeoc ES Claudio Cardoso.

 
Outra pauta que a Diretoria esteve presente foi na reunião de planejamento estratégico da Secretaria de Turismo de Vitória, realizada nos dias 15 e 16/06 no Hotel Ilha do Boi onde as entidades do trade e a ABEOC ES puderam contribuir com pontos importantes para o nosso segmento.

O que é a bitributação?

No segmento de eventos, quando um organizador contrata uma montadora de estandes, por exemplo, recebe uma nota fiscal pelo serviço prestado. Mas, ao cobrar do promotor do evento, o organizador emite uma nota fiscal que abrange todo o serviço contratado, incluindo a montagem de estandes. Resultado: o imposto é cobrado duas vezes, ou seja, ocorre a bitributação.
Para evitar a bitributação das agências de eventos, o desejo do setor de eventos é ter o mesmo o mesmo tratamento dispensado às agencias de viagens e às agências de propaganda, que não são sobretaxadas com impostos em cima do serviço de terceiros.