Começa em São Paulo o Festival Mundial da Paz

Idealizado e organizado pela Universidade Internacional da Paz (Unipaz), o III Festival Mundial da Paz começa nesta quinta-feira (06/09) e segue até o dia 9 de setembro, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. A programação inclui 600 atividades paralelas e gratuitas, realizadas em 25 tendas. A organização pretende reunir 200 mil pessoas durante os quatro dias. Entre as atividades, destaque para apresentações musicais, teatro, yoga, jogos cooperativos, danças circulares e feira de trocas integram a programação do evento. A Associação Brasileira de Empresas de Eventos apoia o Festival por acreditar na importância de iniciativas que despertem a sociedade para novos modos de convívio social baseados na paz, preservação e sustentabilidade do planeta.

O Festival programou algumas surpresas para os participantes. Uma delas está na Vila do Futuro, em que serão instaladas tendas geodésicas – a de Convivência, Arte Visionária, Arco Íris, CNV e Círculos Restaurativos, Novo Humano na Terra e Sustentabilidade, um dos destaques do evento. Na vila do futuro apresenta-se modos de viver a vida minimizando o uso de recursos da tecnosfera. Temos a CARTA da TERRA em ação.
Para as tendas mencionadas, estão programadas várias atividades. Na sexta-feira (7/9), entre 9h30 e 18h35, serão realizadas Oficinas de Ecologia Profunda e de Alimentação Viva, além de palestras sobre Consciência e Consumo – Ecologia Integral, Sustentabilidade: Faça Você Mesmo, Troca de Alimento e outros.
No dia seguinte, sábado (8/9), também entre 9h30 e 18h35, o programa inclui Minhocário Urbano, O Poder da Ecologia Profunda, Oficina da Carta da Terra, Jogo da Carta da Terra, Conexão com a Chama e Ecopsicodrama.
As atividades da Tenda Sustentabilidade – localizada no gramado entre a Marquise e o Auditório do Parque – se encerram no domingo, com Mosaico da Paz (Yoga, Arte e Música), das 9h30 ás 12h30. Neste mesmo dia, das 11 às 12h45, na Tenda Espaço Sol, haverá um painel sobre o tema da Sustentabilidade, com Kaká Werá (empreendedor social), Alexandra Reschke (secretária executiva do Instituto Democracia e Sustentabilidade-IDS Brasil) e Cristina Moreno (uma das principais representantes da Earth Charter Internacional no Brasil ).
Toda a política sócioambiental do Festival é baseada – e atende – aos valores da CARTA DA TERRA que é incentivada em 1897 pelas Nações Unidas e lançada em 2000, pelo Palácio da Paz em Haia. Ela é resultado de uma década de diálogo intercultural na sociedade civil e se constitui numa declaração de princípios éticos fundamentais para a construção, no século XXI, de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Seus eixos temáticos relativos aos valores que defende são: I- respeitar e cuidar da comunidade de vida; II- integridade ecológica; III- justiça social e ecológica; IV- democracia, não violência e paz.
A iniciativa tem apoio da Prefeitura de São Paulo, Secretaria do Verde e Meio Ambiente e SPTuris.
Sobre o III Festival Mundial da Paz
Criado pela Unipaz – Universidade Internacional da Paz com o objetivo de estimular manifestações simultâneas em várias cidades do País e do mundo, visando à construção de uma teia global de consciência sobre uma Cultura de Paz, o III Festival Mundial da Paz é um evento integrador e multicultural. Ao todo, são mais de 600 atividades paralelas realizadas no Parque do Ibirapuera de 6 a 9 de setembro, incluindo meditação, jogos cooperativos, palestras, oficinas de arte, dança, música, teatro, encontro de povos, carrinhada de bebês pela paz, entre outras. Simultaneamente, ocorrerão manifestações de paz em todas as nações, inclusive as não territoriais como as indígenas, ciganas e espirituais de várias tradições.
Serviço – III Festival Mundial da Paz
Data: 6 a 9 de setembro de 2012
Horário: dia 6, a partir das 17hs; demais dias, a partir das 9hs.
Local: Praça da Paz, no Parque do Ibirapuera, São Paulo
Mais informações pelo site do FestPaz ou na fanpage do Facebook.
Evento aberto ao público. Entrada gratuita