Análise das diárias hoteleiras, tocada pelo Embratur, deve ser mensal

[Por Hôtelier News, 03/07/2012]
Teve início nesta segunda-feira (2) o projeto PPH (Pesquisa Internacional de Preços da Hotelaria), encabeçado pelo Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) para avaliar a média tarifária de hotéis em dez cidades brasileiras e as compará-las com dez destinos do exterior. O material deve ser divulgado mensalmente, segundo porta-voz da entidade.
Serão avaliados 12 hotéis em cada ocasião: quatro econômicos, quatro midscale e quatro de alto padrão. Para que a pesquisa seja fidedigna, conforme apurou a reportagem, as diárias serão comparadas com a mesma métrica em diferentes destinos, sempre respeitando a antecedência de compra idêntica.
“Pensamos até em disponibilizar esse material quinzenalmente, mas é algo ainda em análise. Fecharemos esta semana esses detalhes com a equipe que vai trabalhar no projeto”, explica Walter Ferreira, assessor da presidência do Embratur, mencionando que o próprio instituto fará a coleta de dados – e não uma empresa de pesquisa privada.
De acordo com o executivo, a escolha dos destinos avaliados tem base no Plano Aquarela 2020 – no qual foi identificado os principais concorrentes turísticos do Brasil. As pesquisas de demanda do MTur (Ministério do Turismo) também serão utilizadas.
A ideia do estudo é evitar percalços como o da Rio+20 quanto às tarifas hoteleiras? “É um plano de fundo sim. Quando o Flávio Dino [presidente do Embratur] assumiu, em 2011, ele frisou que seria péssimo que tivéssemos uma imagem de produto caro”, destaca. “O que acontece é que isso se acirrou com a Rio+20, pois afetou algumas delegações e foi divulgado no exterior. Foi algo que reverberou no mercado internacional e acendeu a luz vermelha no Embratur, no MTur, na Casa Civil, enfim, unimos forças na ideia de minimizar esse impacto”, completa.
Com a PPH em mãos, o assessor acredita que o próprio Embratur terá argumentos para alinhar as tarifas com o trade. “O governo também está fazendo um investimento quanto à desoneração de impostos. Pela primeira vez entramos num esforço de exportação, com o governo considerando o turismo como uma indústria. Agora estamos discutindo tarifas elétricas, para transformar e equiparar a hotelaria como indústria. Há todo um esforço do setor. Isso vai automaticamente reverberar de forma positiva no preço das tarifas”, acredita.

1 thought on “Análise das diárias hoteleiras, tocada pelo Embratur, deve ser mensal”

Os comentários estão fechados.