Ouro Preto entre as 10 cidades brasileiras em eventos internacionais

[Por O Inconfidente Online, maio de 2012]
Ouro Preto voltou a figurar, em 2011, na lista Top Ten das 10 cidades brasileiras que mais recebem eventos internacionais. A cidade ficou em 8º lugar, juntamente com Foz do Iguaçú, com 8 eventos internacionais realizados.
A lista foi divulgada no dia 10 de maio pela ICCA- International Congress and Convention Association, uma entidade internacional com sede na Holanda que mapeia os eventos ocorridos em todo o mundo. Para ser considerado pela ICCA e figurar no ranking, um evento precisa ter as seguintes características: ser itinerante – realizado cada ano em um país diferente –, ter sido realizado, pelo menos, por 3 vezes, e que conte, no mínimo, com 50 participantes.
No Top Ten por país, o Brasil surge em sétimo lugar, com 304 eventos em 2011. O Brasil tem se mantido entre os 10 países que mais realizam eventos internacionais desde 2006 e o único da América latina. No ano anterior – 2010 – o Brasil ficou na 9ª posição, com 275 eventos realizados.
Ouro Preto já havia ocupado o 6º lugar no ranking da ICCA em 2007, com 6 eventos internacionais, também junto com Foz do Iguaçú e apenas com capitais de estados à frente: São Paulo, Rio, Salvador, Porto Alegre e Florianópolis.
O ranking ICCA das cidades brasileiras, em 2011, é o seguinte:
1º – Rio de Janeiro – 69 eventos
2º – São Paulo – 60 eventos
3º – Salvador – 17 eventos
4º – Brasília/Florianópolis – 13 eventos
5º – Porto Alegre – 12 eventos
6º – Recife – 10 eventos
7º – Curitiba – 9 eventos
8º – Foz do Iguaçu/Ouro Preto – 8 eventos
9º – Campinas/Porto de Galinhas – 7 eventos
10º – Belo Horizonte/Natal – 6 eventos
Fonte: ICCA
Os eventos internacionais de Ouro Preto, em 2011, foram realizados no Centro de Artes e Convenções da UFOP (5 eventos) e no Centro de Convenções do Hotel Estalagem das Minas Gerais/SESC-MG (3 eventos).
Desde 2007, a responsabilidade de acompanhar, apoiar e mapear os eventos realizados em Ouro Preto é do Ouro Preto e Circuito do Ouro Convention & Visitors Bureau (CVB), que organiza a lista por solicitação da EMBRATUR que, por sua vez, a repassa para a ICCA juntamente com os outros eventos realizados em todo o país.
Segundo o diretor-executivo do CVB, Willian Magalhães Adeodato, aparecer na lista Top Ten da ICCA confere prestígio para a cidade, pois este ranking é aguardado todos os anos com bastante expectativa no mundo dos eventos. “O ranking é bastante competitivo, e um evento a mais ou a menos pode significar mudar de lugar na lista, bastando ver que a diferença entre os colocados da 6ª à 10ª posição foi de apenas um evento”, explica o diretor.
O presidente do CVB, Márcio Abdo de Freitas, também chama a atenção para o alcance da conquista. “Temos que considerar, também, para avaliar a importância de Ouro Preto no mercado do turismo de negócios e eventos que, assim como já ocorrera em 2007, à frente da cidade ficaram apenas capitais de estados”, conclui o presidente.
O Secretário de Estado do Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, felicitou o prefeito Angelo Oswaldo pela conquista de Ouro Preto. Para comemorar, o prefeito Angelo Oswaldo convocou, no dia 16 de maio, as entidades empresariais da cidade envolvidas no turismo – CVB, ABIH Ouro e ACEOP – e o Centro de Convenções da UFOP, para um encontro na Casa de Gonzaga juntamente com os servidores da Secretaria Municipal de Turismo.