Carnaval injeta R$ 595 milhões na economia de Recife

[Por Mercado e Eventos, 23/02/2012]
O Carnaval proporcionou um incremento de R$ 595 milhões na economia do Recife, um aumento de 15,7% em relação a 2011. Esta movimentação financeira refere-se a despesas de turistas, excursionistas e moradores em itens como transportes, alimentação, hospedagem e fantasias. De acordo com a Secretaria de Turismo, a cidade recebeu 710 mil visitantes durante os dias de Carnaval. Em 2011, foram 690 mil visitantes.
A ocupação hoteleira no Recife foi de 95% durante a folia. O gasto médio individual diário do turista hospedado em hotéis passou de R$ 453 em 2011 para R$ 478 neste ano. Foi registrado um gasto médio diário de R$ 257, contra R$ 220 do ano anterior, entre os visitantes que optaram por ficar na casa de amigos e parentes. A estimativa é de que 72% dos turistas optaram por ficar na casa de amigos e parentes e 28% se hospedaram nos hotéis da cidade. A permanência média foi de 10,8 dias nos hotéis da cidade.
Dos visitantes que estiveram no Recife, 39% são de cidades pernambucanas, 31% dos demais estados nordestinos, 24% das outras regiões brasileiras e 6% foram estrangeiros. “O Recife fez um Carnaval para ficar na memória de todos os cidadãos, não só pela qualidade da grande festa, mas pelos números gerados durante o período carnavalesco, superando os de 2011”, afirma o secretário André Campos.
De acordo com a Infraero, a quantidade de pousos no Aeroporto Internacional do Recife no período de 13 a 18 de fevereiro foi de 595. No mesmo período carnavalesco de 2011, a cidade teve 581 chegadas. Mais de 61 mil passageiros desembarcaram na cidade no mesmo período de 2012, o número representa um acréscimo de 6% em relação a 2011, quando foram registrados 57.437 passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *