Roadshow M&E: mais de 38% do fluxo turístico do CE provém de SP, RJ e PE; confira

[Mercado e Eventos, 14/09/2017]
Entre as diversas novidades que a Secretaria de Turismo do Ceará (Setur-CE) leva aos agentes que participam do Roadshow M&E Nacional, está uma informação que deve ser compartilhada com todos os nossos leitores: o resultado detalhado do fluxo turístico para o estado em 2016.
Exatos 2.978,347 visitantes estiveram no Ceará em 2016, que foram divididos entre os seguintes estados: São Paulo (19,32%), Rio de Janeiro (10,22%), Pernambuco (8,68%), Minas Gerais (7,27%), Distrito Federal (7,24%), Paraíba (6,86%), Bahia (6,82%) e outros (33,57%). Mais de 38% deste fluxo turístico provém de SP, RJ e PE, número que merece ser destacado.
E Éverton Silva, que representa a Setur-CE neste Roadshow M&E Nacional, quer aumentar ainda mais este número. Tanto é que apresentou em detalhes todo o litoral do estado, que conta com 574km de praias que causam inveja em outras partes do Brasil. “É Um litoral onde consigo apresentar todas as paisagens de praia no mesmo ponto. Eu tenho dunas móveis, dunas físicas, falésias com areias coloridas, piscinas naturais, coqueirais, passeios de buggy, entre outras coisas para que o mineiro saia de lá feliz”, disse.
São praias famosas como a Praia de Iracema, a parte boêmia da cidade, Praia do Mucuripe, e a Praia do Futuro, pelas suas barracas de praia, referência no Brasil. E lá não existe frio. Agora em julho, por incrível que pareça, foi notícia em Fortaleza a temperatura de 21°C em determinada manhã. Éverton Silva ainda abordou todas as peculiaridades do Litoral Leste e Oeste, que vai muito além da capital Fortaleza.
Destaque para Jericoacoara, um destino premiado e que se desenvolve a cada dia. “Temos o pôr-do-sol mais bonito do mundo. As fotos falam por sí só, não é mesmo? São vocês que vão promover esta viagem ao Ceará para seus clientes. Além disso, ainda temos a Pedra Furada, um monumento natural esculpido pelo mar”, disse. Jericoacoara foi eleito o melhor eleito da América do Sul e o 3° melhor do mundo em 2016.