Empresário cativa clientes pela emoção

[Por Panrotas, 23/12/2011]
Rio de Janeiro – Um casal em lua de mel ganha de presente um solo de jazz e, para fechar a surpresa, recebe um buquê de flores. Poderiam ser apenas mimos da empresa Tour Shop Búzios, que fica no município do mesmo nome, no norte fluminense, mas os detalhes fazem a diferença. Tudo isso acontece durante um passeio de barco, onde o músico entra disfarçado como passageiro e as flores chegam de jet ski.
“Todos compartilham a emoção com os recém-casados. É o tipo de memória de viagem que fica guardada para sempre”, explica o dono da empresa, César Fernandes. A preocupação em promover uma experiência única e que possa ser compartilhada sempre foi o ponto central do negócio, criado em 1999, depois de um período em que César, que chegou a ser campeão brasileiro e carioca de motocross, quebrou o fêmur e teve que ficar seis meses parado.
Durante as visitas, os amigos sempre citavam um passeio que ele havia organizado por uma trilha desconhecida de Búzios. A partir daí, percebeu que o que fazia por instinto poderia ser negócio. César conta que teve tempo para refletir e se reorganizar no tempo em que ficou parado. “Fechei minha confecção de roupas para moto e resolvi encarar esta nova aventura”, lembra.
Reciclagem
Mesmo reconhecendo o próprio talento, César voltou a procurar o Sebrae no Rio de Janeiro para se reciclar. Ele conta que desde que abriu o primeiro negócio teve o cuidado de buscar conhecimento. Fez cursos sobre gestão, controle financeiro, formação de preços e estoque. “Nunca tinha ouvido falar de custo fixo e variável. Quis me preparar para não desperdiçar uma boa ideia na área de turismo. Até hoje, estou atento a novos cursos e sempre utilizo o que aprendo, como respeito ao cliente e ao funcionário”, revela.
Passear de escuna ou buggy, praticar canoagem, rafting ou mergulho, e ainda participar de um luau na praia são algumas das ofertas da empresa. Os pacotes estão sempre com novidades e podem ser adaptados ao número de pessoas ou ao perfil dos clientes – amigos ou colegas de trabalho em um evento corporativo.
A visão empresarial também inclui constante adaptação do negócio. Há seis anos, César decidiu investir em dois focos: água e energia. Orientado por técnicos, promoveu a troca de fiação e lâmpadas e com isso a conta baixou de R$ 8 mil para R$ 1 mil/mês. Com a captação e reaproveitamento da água usada, deixou de comprar o produto de caminhão-pipa. No total, estima economia de mais de R$ 700 mil reais ao longo deste período.
“Era um dinheiro que literalmente ia para o ralo. O investimento inicial era grande, mas é preciso pensar a longo prazo. Esta visão abrangente sobre o negócio aprendi com o curso do Sebrae ‘5S – De Olho na Qualidade’. As providências parecem simples, mas fazem enorme diferença”, ressalta César.
MPE Brasil
Este ano, a Tour Shop Búzios foi uma das seis micro e pequenas empresas fluminenses ganhadoras entre mais de 3,4 mil concorrentes ao prêmio MPE Brasil. O grupo vai representar o Rio de Janeiro na etapa nacional, promovida pelo grupo Gerdau em parceria com o Sebrae, Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) e Movimento Brasil Competitivo.
“Sempre competi por este prêmio, mesmo quando ele era apenas estadual. Tenho orgulho dos meus dois troféus Top Empresarial de 2003 e 2005 e quero mais um. Isso representa um selo de qualidade e seriedade, o que faz muita diferença no mercado”, avalia o empresário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *