Indicação de ministro por Sarney não será problema

[Por Panrotas, 16/09/2011]
Na saída da cerimônia de posse de Gastão Vieira, o presidente da Embratur, Flávio Dino, disse que na gestão do novo ministro será dado continuidade ao trabalho da Embratur de garantir que a vinda de estrangeiros siga crescendo, aproveitando a grande exposição que o Brasil terá em razão dos mega eventos esportivos. Ele afirma que, para a Copa do Mundo, existem quatro eixos de atuação: ampliação da rede hoteleira, infraestrutura turística, qualificação profissional e intensificação da promoção nacional e internacional do Brasil.
Perguntado se a indicação do ministro pela família Sarney pode dificultar o trabalho de Vieira junto à base aliada, Dino afirmou que pela cerimônia de posse deu para perceber que há um clima de trabalho e respeito pelos compromissos do País. Disse também que as especificidades próprias da luta política regional não atrapalharão a condução da política pública do turismo em âmbito nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *