Obra do centro de eventos cearense atrasa

O nome oficial agora é Expo Ceará. Mas o novo centro de eventos cearense não vai mais sediar os três eventos previstos para agosto, setembro e novembro porque não ficou pronto. O primeiro deles, a Maquintex 2011, que vai ser realizada entre 9 e 12 de agosto, foi adaptada para o Centro de Convenções. De acordo com Hélvio Pompeo, presidente da Fcem, empresa que realiza o evento, o novo espaço de Fortaleza está no caminho certo, mas houve uma frustração.
Pompeo esteve na cidade visitando as instalações do Centro de Convenções durante a realização do PecNordeste para avaliar o local em funcionamento, mas explica que, por conta da mudança de local, cerca de 4 a 5% dos expositores desistiram de participar desta edição da Maquintex. “Uma feira como a nossa tem máquinas de 1 a 2 milhões de euros. Não dá pra ser experimental”, diz. Ele afirmou que o contrato para realização do evento na capital cearense foi firmado com o Centro de Convenções, já que existia a possibilidade do prazo não ser cumprido. “Estive visitando as obras e, pelo meu olhar de arquiteto, achei difícil estar concluído até agosto”, conta. A ala leste, que é a parte de trás do Expo Ceará, voltada para a avenida Paisagística, será a primeira a ficar pronta e já está em fase de acabamento, mas, segundo Pompeo, ainda faltam itens fundamentais, como o teto.
Outro evento marcado para o local, mas que não será mais realizado por lá, é a 52ª Convenção Nacional do Comércio Lojista marcada para 11 a 14 de setembro. No site do evento, o local indicado ainda é o Expo Ceará descrito como “exemplo de modernidade, segurança e conforto”, mas de acordo com Leiliane Batista Vasconcelos, diretora Comercial do Centro de Convenções e do Expo Ceará, os representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) estão estudando outras possibilidades para o local onde será realizada a convenção.
Último prazo
De acordo com Rafael Bezerra, presidente da Associação Brasileira de Empresas de Evento no Estado do Ceará (Abeoc-CE), a entidade acredita que o Expo Ceará vai estar pronto até dezembro, último prazo estipulado pela Secretaria de Turismo do Ceará (Setur-CE). “Para os eventos de 2012 estamos trabalhando com a certeza da entrega do equipamento com todos os sistemas funcionando”, disse. Ele explica que um grande evento é programado com muita antecedência e alguns são decididos até seis anos antes da data. “Com o equipamento pronto podemos fazer a captação efetiva. Muitos expositores e produtores fazem visitas técnicas para definir o espaço”, diz.
Entre as razões para a não conclusão da obra do novo centro de eventos a tempo dos compromissos marcados, estaria as duas paralisações dos trabalhadores do setor da construção civil.
O Povo tentou entrar em contato com o secretário de Turismo Bismarck Maia, mas em três tentativaso, em dias diferentes, ele estava viajando com o celular desligado ou em reunião impossibilitado de atender.
Por quê
O novo centro de eventos, que agora chama Expo Ceará, deveria ter a primeira etapa concluída em agosto para a realização da Maquintex 2011, mas a obra não foi concluída. A expectativa é que em dezembro o equipamento esteja pronto.
(Por Henriette de Salvi, O Povo, 24/06/2011)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *