“O Rio está pronto para realizar os principais eventos de 2022”, diz Eduardo Paes

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), divulgou nesta segunda-feira (29), pelas redes sociais, alguns esclarecimentos sobre as festividades do fim de ano. Diante da variante Ômicron, ainda não identificada em território fluminense, o político ressaltou que a capital apresenta índices muito mais altos de vacinação do que as regiões onde os casos graves de Covid-19 estão surgindo.

A respeito do Réveillon e do Carnaval, o prefeito informou que só ocorrerão caso haja condições seguras para tal. Apesar disso, Paes afirmou que “o Rio está pronto para realizar os principais eventos de 2022”.

 

Em vídeo, Eduardo Paes ainda alegou que ter planejamento para um evento não significa necessariamente que ele [o evento] será realizado. Além disso, ressaltou a necessidade de a população completar o esquema vacinal para frear um possível impacto da Ômicron.

“Só há uma forma de vencer a Covid. Ela se chama vacina”, disse o prefeito, ao destacar que a Secretaria Municipal de Saúde caminha para a aplicação da segunda dose e da dose reforço para os que já estão aptos.

De acordo com a última atualização do painel da prefeitura, 95% dos maiores de 18 anos já tomaram a segunda dose ou a dose única da vacina contra a Covid-19 na cidade do Rio de Janeiro. Nesta terça-feira (30), aqueles com 59 anos ou mais podem receber a terceira dose, assim como os maiores de 18 anos que tomaram a segunda há, pelo menos, cinco meses.

Os pacientes com alto grau de imunossupressão com 12 anos ou mais também podem receber a dose de reforço, e continua a aplicação da primeira dose em pessoas acima dos 12 anos que ainda não foram vacinadas.

Quanto à segunda dose, as unidades seguem com a vacinação de acordo com o intervalo de cada fabricante: 12 semanas para AstraZeneca, 28 dias para CoronaVac e 21 dias para Pfizer.

 

 

Fonte: R7