Fungetur já garantiu manuntenção e criação de 27 mil postos de trabalho em 2021

O Ministério do Turismo informou que os recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) já possibilitaram a realização de 3.493 operações de crédito totalizando R$ 870,2 milhões distribuídos a empreendedores do setor de turismo apenas nos primeiros nove meses deste ano. Com isso, os valores contratados já ultrapassam em 19% o montante registrado no ano passado (R$ 728,6 milhões) e possibilitaram que mais de 27 mil postos de trabalho pudessem ser mantidos ou criados.

 

Se comparado a 2019, os valores contratados neste ano foram ainda maiores, com um crescimento de 618% (R$ 121,1 milhões). Até o momento, por meio do crédito extraordinário do Fungetur, foi contratado R$ 1,4 bilhão com taxas (de até 5% ao ano, acrescida da Selic) e prazos (até 240 meses) diferenciados para auxiliar empreendimentos turísticos de todo o país.

 

A maior parte dos recursos disponibilizados neste ano permaneceram com foco no capital de giro (90%) – dinheiro necessário para bancar o funcionamento de uma empresa –, representando R$ 790,5 milhões. Já para aquisição de bens foram contratualizados R$ 57,6 milhões, seguidos de R$ 22 milhões para a realização de obras.

 

“Com mais recursos disponíveis, conseguimos ampliar a oferta de crédito aos trabalhadores do setor, bem como as contratualizações, reduzindo os impactos na vida e nos negócios de quem tira do Turismo o seu sustento. Desta forma, desde o ano passado, cerca de 69 mil empregos puderam ser preservados ou mantidos a partir dos recursos do Fungetur, mesmo em meio a pandemia,” observa o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

 

 

Fonte: Mercado & Eventos