ABEOC participa de reunião do trade turístico de Porto Alegre (RS)

A presidente da ABEOC Brasil, Ana Cláudia Bitencourt, participou no dia 05 de janeiro da reunião do trade turístico, para a entrega do documento oficial das entidades sobre as demandas do Turismo em Porto Alegre, ao secretário de Turismo, Ricardo Gomes.


“Visando potencializar e capitalizar cada vez mais o turismo de Porto Alegre, o trade deseja boas vindas e se coloca à disposição do secretário, para que, juntos possamos analisar e elencar as prioridades dos projetos existentes, bem como novos, objetivando a formatação do planejamento estratégico para a gestão 2017/2020”, disse Ana Cláudia.
No documento oficial entregue ao secretário foram compartilhados os seguintes dados do setor e norteadores para o fortalecimento da secretaria e do trade:
1. O Turismo representa, atualmente, 9,5% do PIB no Brasil e 3,1% do PIB gaúcho (Fonte: Ministério do Turismo).
2. Um estudo do World Travel and Tourism Council (WTTC) estima que até 2024 o turismo empregue 10,6 milhões de pessoas no País (9,7% do total).
3. No Estado estão três municípios (Porto Alegre, Gramado e Bento Goncalves) selecionados no Estudo de Competitividade dos 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional, elaborado pelo Ministério do Turismo como destino indutor,Porto Alegre atrai investimentos públicos e privados para o setor, principalmente de turismo de eventos e cultural.
4. Porto Alegre foi estabelecida como o terceiro destino maids competitivo do país perdendo apenas para Rio de Janeiro e São Paulo. (Fonte: SEBRAE).
5. O ICCA (International Congress Convention Association) chancelou Porto Alegre como o terceiro destino que mais recebeu eventos internacionais no País.
6. Porto Alegre e Região Metropolitana Convention & Visitors Bureau realizou, através da PUC-RS uma pesquisa sobre turismo de negócios e impactos econômicos, já entregue à essa Secertaria, com dados bastante expressivos, como:
• O turismo em Porto Alegre é responsável por cerca de 2,5% dos empregos no município.
• Somente o turismo de eventos movimentou, em 2015, mais de R$ 180 milhões no município, gerando mais de R$ 20 milhões de arrecadação em impostos, e impactando em mais de 3 mil empregos.
7. Apenas em 2015 a cidade recebeu mais de 500 mil passageiros em seis mil voos internacionais, totalizando 8,4 milhões de passageiros por ano no aeroporto. (Fonte: SMTUR)
8. Entre 2011 e 2015 o número de visitantes estrangeiros atendidos nos Postos de Informações do município cresceu 39%, com incremento de 48% da América do Sul. (Fonte: SMTUR)
9. A cidade ganhou novos hotéis totalizando 19 mil leitos e três milhões de hóspedes por ano. (Fonte: SMTUR)
Além disso, no documento foi ratificada a importância do setor, bem como foram expostas as principais demandas para o início dessa gestão:
1. Reconhecimento e valorização do turismo (de eventos, de lazer, de saúde, corporativo, rural, náutico) como fonte geradora de economia e empregos para o município de Porto Alegre.
2. Definição de uma estrutura operacional que trate da pasta do turismo nesta secretaria, com profissionais capacitados e especializados na área.
3. Atenção e agilidade para efetivação do projeto do Centro de Eventos de Porto Alegre, que aguarda andamentos emergenciais, pois o prazo para o acesso a verba de 60 milhões expira em junho de 2017.
4. Ativação do Conselho Municipal de Turismo.
5. Efetivação do projeto da Orla do Guaíba e Cais Mauá.
6. Projetos e investimentos em infraestrutura e segurança pública nas regiões turísticas do município (Centro Histórico, 4º Distrito, Cidade Baixa, Moinhos de Vento e a zona rural/zona sul), gerando mais empregos, movimentando a economia e impactando fortemente na atratividade turística.
7. Continuidade e aprimoramento de políticas públicas implementadas pela pasta do turismo como: Film Comission, Programa Porto Alegre LGBT, Linha Turismo, Turismo Criativo, Turismo de Galpão, Turismo Rural, entre outros.
O documento foi assinado pelas seguintes entidades, membros do trade:
ABAV – Associação Brasileira de Agências de Viagens
ABBTUR – Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo
ABEOC – Associação Brasileira de Empresas de Eventos
ABIH – Associação Brasileira da Industria de Hotéis
Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes
Abratur – Associação Brasileira de Turismo Rural
Abratus – Associação Brasileira de Turismo de Saúde
ACCB – Associação dos Comerciantes da Cidade Baixa
Associação Gaúcha de Hostels
ATURS – Associação das Transportadoras Turísticas do Rio Grande do Sul
COMTUR – Conselho Municipal de Turismo
Convention & Visitors Bureau
FAMURS – Federação das Associações de Municipios do RS
FECOMERCIO – CONHTUR – Conselho de Turismo da Fecomercio – RS
Fellini Turismo
Frentur – Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo
SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
SENAC – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial
SINDHA – Sindicato de Hospedagem e Alimentação de POA e Região
SINDIHOTEL – Sindicato Intermunicipal da Hotelaria do Rio Grande do Sul
Sindilojas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *