Orçamento de viagens corporativas sobe 32% na A. Latina

[Por Panrotas, 11/05/2015]
O orçamento para viagens corporativas na América Latina ficou 32% mais alto no ano passado em comparação com 2013, de acordo com estudo da empresa especializada Concomitance em conjunto com a Amadeus. Segundo a pesquisa, o motivo que mais leva corporações a aumentar o orçamento é o desenvolvimento do mercado e da empresa.
Dentro deste quadro foi visto que 75% do orçamento da viagem é destinado a passagem aérea e hospedagem – no Brasil é ainda maior, 78%. Os gastos com viagens são considerados uma importante contribuição para o desenvolvimento do negócio para mais da metade das empresas consultadas – 51%. Se considerarmos só o Brasil, essa taxa sobre para 55%.
A pesquisa entrevistou gestores da área de viagens corporativas de 480 organizações, de todos os tamanhos e setores da economia. Dentre os entrevistados, 240 eram do Brasil, 80 do México, 80 do Chile e 80 da Argentina.
MOTIVOS PARA VIAGENS CORPORATIVAS
São diversos os motivos para este tipo de viagem: de acordo com os pesquisados, 52% das empresas visam conquistar novos clientes ou manter os já existentes. Também entram na lista: organização interna (17%), visitas a fornecedores (12%), reuniões e eventos do setor (11%), e eventos corporativos internos (7%).
CONTROLE DE DESPESAS
Os dados também apontam que apenas 56% das organizações têm controle completo de suas despesas e 40% dão total ou quase total autonomia para seus viajantes, o que, segundo a Amadeus, muitas vezes dificulta a previsão e controle de custos.
FUTURO
Para o futuro, os principais anseios na área de viagens nas empresas são: Melhorar controle de custo (73%); ter uma visão ampla dos gastos (50%); e melhorar a proteção e a segurança dos viajantes (44%).
“A tendência de expansão da área de atuação de empresas na América Latina reflete diretamente no crescimento e desenvolvimento do mercado de viagens corporativas na região”, afirma o head de Contas Globais e Corporações da Amadeus para América Latina. “Agora, a maior preocupação das empresas é aperfeiçoar a organização do orçamento dedicado a gestão e controle de custos com essas viagens.”
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *