Rede hoteleira de Porto Alegre tem 90% da ocupação com FST2012

[Por G1, 23/01/2012]
A rede hoteleira de Porto Alegre está com 90% dos leitos reservados para o período entre 24 e 29 de janeiro, quando a capital gaúcha recebe o Fórum Social Temático (FST2012), de acordo com o Sindicato da Hotelaria e Gastronomia da capital (Sindpoa). Alguns hotéis no centro da cidade já estão com a capacidade totalmente tomada.
Além da capital, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo também receberão o evento. As cidades servem como alternativa aos turistas, já que a procura nos hotéis desses municípios não tem sido muito grande, diz o Sindpoa.
“Foi uma surpresa positiva. O Fórum Temático teve uma ocupação acima do esperado. Esta é uma época de baixa procura na rede hoteleira de Porto Alegre. O município tem como forte o turismo de negócios e eventos, que diminui muito nesta época. Uma ocupação deste porte nesta época só aconteceu nas primeiras edições do Fórum”, disse Ricardo Ritter, vice-presidente do Sindpoa.
saiba mais
Acampamento começa a receber participantes do FST2012 no RS
Fórum Social volta a Porto Alegre tendo crise como cenário
Governador do RS participará do Fórum Social Temático
Confira as atrações das cidades do RS indicadas para turismo em 2014
Ritter destacou que Porto Alegre está entre as cinco cidades que mais recebem eventos de negócios em todo o Brasil. A média de ocupação dos hotéis durante o ano de 2011 foi de 61% em Porto Alegre. Na semana passada, um novo hotel com 156 apartamentos foi inaugurado perto do Aeroporto Salgado Filho, na zona norte. Até a Copa do Mundo de 2014, a capital gaúcha deve receber cerca de 8 mil novos leitos na rede hoteleira.
“A previsão é a construção de 18 novos hotéis na cidade. Alguns já estão em construção. A esperança é de que todos estejam prontos até o início do evento em 2014, mas tudo dependerá de investidores”, completa Ritter.
No setor gastronômico, como o público que vem ao Fórum Social Temático gosta de frequentar bares e restaurantes, a tendência é que ocorra um acréscimo muito grande no movimento, principalmente nos estabelecimentos localizados no centro histórico da capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *