Gastos de estrangeiros no Brasil é 6,21% superior ao ano passado

[Embratur, 25/11/2014]
Os visitantes estrangeiros gastaram US$ 5,915 bilhões no Brasil de janeiro a outubro deste ano, conforme dados divulgados pelo Banco Central. Na comparação com os dez primeiros meses do ano passado, quando essas despesas somaram US$ 5.569 bilhões, houve um crescimento de 6,21%.
Em outubro, a receita cambial referente aos gastos de turistas estrangeiros no Brasil foi de US$ 487,5 milhões, representando uma queda de 8,6% em relação aos US$ 533,4 milhões que entraram no mesmo mês de 2013. Num ano ruim para a economia mundial, o resultado positivo acumulado até outubro foi influenciado pelos turistas estrangeiros que vieram ao Brasil entre junho e julho acompanhar a Copa do Mundo.
Nos meses de junho e julho, os visitantes internacionais gastaram US$ 1,586 bilhão, segundo dados do Banco Central. Em julho, a entrada de divisas, também recorde para o mês desde 1947, somou US$ 789 milhões, valor pouco abaixo dos US$ 797 milhões de junho. Na comparação com o mesmo período de 2013, houve aumento de 60%.
Desde 2003, quando a Embratur passou a se dedicar exclusivamente à promoção no exterior do Brasil como destino turístico, até 2013, o país mais do que dobrou a entrada de divisas geradas por turistas internacionais (170,63%). Nesse período, a média mundial ficou em 119%, segundo dados da Organização Mundial do Comércio.​