MTur destinará R$ 59 milhões para obras no Acre, Ceará e Mato Grosso

[Por MTur, 08/05/2013]
O Ministério do Turismo vai liberar R$ 59 milhões de recursos do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) para obras de infraestrutura no Acre, Ceará e Mato Grosso. A obra mais volumosa é a construção da Estrada Verde, no Mato Grosso, que custará R$ 25 milhões e contribuirá para o desenvolvimento do Pantanal Mato-grossense, uma das principais regiões turísticas brasileiras.
A Estrada Verde (Rodovia MT 040) ligará Rondonópolis a Cuiabá e terá conexões com as rodovias MT 270 e MT 251, que formam o Polo Chapada. A obra também permitirá a ligação deste com o Polo Pantanal, unindo Mimoso a Rondonópolis. O secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota, destaca a importância turística da região, que ocupa 80% do Pantanal Mato-grossense.
“O Mato Grosso é um estado privilegiado pela natureza, tem biomas importantíssimos e forte turismo de aventura, de eventos, do agronegócio. Estamos apoiando uma obra que possibilitará uma infraestrutura maior para as pessoas que visitam a região e consequentemente aumentará a competitividade do destino Mato Grosso”, disse. “O Ministério do Turismo tem reconhecido os potenciais turísticos de Mato Grosso. Essa obra fortalecerá o turismo na região”, comemorou o governador, Silval Barbosa.
Acre e Fortaleza
O MTur também vai liberar R$ 17 milhões para a requalificação do Rio Acre, e R$ 17 milhões para melhorias na orla de Fortaleza. “O Acre recebe muitos visitantes. Temos um potencial grande na capital, Rio Branco, onde o Rio Acre é o maior atrativo turístico. As obras vão aumentar as visitas dos turistas nacionais e internacionais”, disse o secretário Fábio Mota.
Fortaleza é o primeiro destino turístico do Nordeste. Para o secretário, os investimentos permitirão mais dinamismo no setor e melhoria da infraestrutura para os turistas e a população da cidade.