Ações do Governo estimulam a vinda de turistas para Sergipe

[Por Brasilturis, 15/05/2013]
Em pesquisa divulgada recentemente, a cidade de Aracaju (SE), teve 56,40% de leitos ocupados em abril, superando a taxa de ocupação de Salvador (BA), que no último verão, foi a terceira cidade a receber mais turistas brasileiros. Cerca de 46% dos turistas que visitam Aracaju são da Bahia e, pensando nisso, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur) realizaram ações de divulgação e promoção do destino Sergipe em Salvador.
Sergipe, como um dos estados do nordeste que mais cresce no turismo, apresentou crescimento na quantidade de apartamentos. Em 2002 eram 2.141, e até março de 2013 esse número subiu para 4.395. Já em relação ao número de leitos, os registros do mesmo período informam que passaram de 4.282 para 8.772. “Alguns dos motivos que podem ser citados para a consolidação do estado como importante destino turístico brasileiro e para o aumento de apartamentos e leitos, são os investimentos que estão sendo feitos pelo Governo de Sergipe em feiras e eventos de turismo por todo o Brasil”, atribuiu o secretário de Turismo, Elber Batalha.
Outro ponto a ser destacado para o crescimento do turismo em Sergipe é em relação a obras de infrestrutura turística por todo o estado. Hoje temos uma malha viária toda estruturada que leva o turista e o próprio sergipano a todos os pontos turísticos do Estado, a exemplo da Rota do Sertão e da ligação entre o litoral sul de Sergipe ao litoral norte da Bahia, com ponte Joel Silveira e Gilberto Amado, sendo esta última, a principal obra da atual gestão do Ministério do Turismo. A viagem hoje de Aracaju a Salvador ficou mais curta e com certeza isso vai trazer ainda mais baianos para Sergipe”.
Elber Batalha também informou que o Governo de Sergipe, vai interligar todo litoral norte de Sergipe até o litoral sul de Alagoas. “O objetivo do governador Marcelo Déda é que o turista saia da Bahia até alagoas, passando e visitando todo a região litorânea de Sergipe”.