Márcio Favilla apresenta números e boas perspectivas para o turismo mundial

[Por Diário do Turismo, 24/04/2013]
O diretor-executivo da Organização Mundial do Turismo (OMT), Márcio Favilla de Paula, em seu pronunciamento na abertura do World Travel Market Latin America 2013, nesta terça-feira (23), em São Paulo, apresentou um quadro muito singular do turismo mundial. De acordo com Favilla, o setor em âmbito internacional manteve sua trajetória de crescimento na última década e, em especial no ano passado, ultrapassou a marca de um bilhão de chegadas internacionais. “O ano de 2012 chegamos a exatos 1.035 bilhão de chegadas no planeta, superando em 4% os 997 milhões de 2011 e alcançando a previsão de crescimento proposto pela OMT que era em torno dos 3% a 4%”, afirmou.
Favilla destacou que, além da marca extremamente simbólica de chegadas, dois outros fatos se destacam no panorama do turismo mundial. O primeiro, segundo ele, foi a incorporação à carta da reunião de cúpula dos líderes do G-20 de um parágrafo que reconhece o turismo como instrumento de crescimento econômico e de geração de emprego. “Esse fato foi o resultado das conclusões do estudo da WTTC e OMC que mensurou o impacto positivo das 20 maiores economias do mundo, em termo de geração de empregos, decorrente do aumento do fluxo de turistas e de receitas”, disse.
O terceiro fator apontado por Favilla foi a inclusão do termo “Turismo Sustentável” como uma das áreas temáticas do documento final aprovado por todos os países presentes na Rio+20. “Esse foi um grande passo, considerando que conseguimos incluir o Turismo Sustentável ao lado de segmentos importantes como energia, oceanos, alimentação e nutrição, água, migração dentre outras”, afirmou. “Estes segmentos da socioeconomia deverão ser prioridade por parte dos países e comunidades internacionais ao longo das próximas décadas”, prognosticou Favilla.
Ainda de acordo com o executivo da OMC, o valor total das exportações geradas pelo turismo em 2012 foi de US$ 1.3 trilhão, o equivalente a US$ 3.5 bilhões ao dia.