Dia do Agente de Viagens: Comemorar o quê?

[Artigo de Antônio Azevedo, Presidente da ABAV Nacional, Mercado & Eventos, 22/04/2013]
No dia 22 de abril comemoramos o Dia do Agente de Viagens. Comemorar o quê? Será que temos motivos para comemorar? Muitos dirão de pronto que não. Nada está como nos velhos e bons tempos… Outros dirão o contrário. Não poderia estar melhor, graças aos novos cenários e melhores oportunidades de negócios. Com ou sem motivos para comemorar, o fato é que a data sugere a reflexão de todos. Como previsto, em 1995, durante palestra conduzida pela consultora norte-americana Susan Kaplan, no Evento ABAV, muitas foram e ainda serão as mudanças que vão impactar fortemente a rede de operações e agenciamento de viagens, considerando todas as diferentes realidades regionais do Brasil.
Portanto, há 18 anos, como testemunha a professora Telma Medeiros Brito, em seu livro Multimodalidade Turística, publicado em 2002, “se analisava, com previsões que se confirmaram, o grande impacto da internet, das tecnologias emergentes e de todas as possibilidades abertas pela comunicação eletrônica em tempo real”.Medidas inovadoras adotadas ao longo dos anos, somadas aos excelentes resultados de programas como PROAGÊNCIA, Benchmarking e de vários cursos ofertados pelo ICCABAV (Instituto de Capacitação e Certificação da ABAV), só contribuem para projetar a entidade no cenário internacional como fonte de referência para outras associações.
Em 2013, ano em que comemoramos 60 anos de fundação da ABAV, também é motivo de orgulho informar que a 41ª edição da Feira de Turismo das Américas ocupará 55 mil metros quadrados de área total do maior centro de exposições da América Latina: o Anhembi – São Paulo. Com isso, a associação construiu um sólido patrimônio setorial, que permite melhor atender os anseios das associadas. Um evento que é parceiro da maior e da melhor feira internacional de negócios do setor de viagens e turismo, a ITB Berlim (Alemanha), líder na Europa e na Ásia, assim como é parceiro da BTL (Portugal) e de vários outros organizados também por associações de agências de viagens, em seus respectivos países.
Isso atrai ambições? Certamente. De qualquer maneira a ABAV não deve nunca temer enfrentar a concorrência. Sabemos que nada superará o valor agregado que diferencia e recomenda aos viajantes, em suas viagens de lazer, negócios ou incentivo, que consultem sempre uma qualificada agência de viagens, preferindo aquelas relacionadas no portal www.abav.com.br. A ABAV é uma marca de credibilidade, respeitada, ouvida e com forte presença setorial.
Além de orgulho para todas as agências de viagens, o próximo evento ABAV abrirá no final de semana (dias 7 e 8 de setembro) e isso aproximará milhares de consumidores das agências de viagens e contribuirá, de maneira significativa, com o desenvolvimento do turismo doméstico e receptivo, destacados no Salão Brasil, em parceria com o Ministério do Turismo e o Fórum de Secretários Estaduais de Turismo. Uma iniciativa que lembra outro período histórico, no qual o evento ABAV, por ter dimensões menores e poder ser itinerante, contribuía com o desenvolvimento do turismo doméstico e receptivo a partir da promoção e até do lançamento de destinos nacionais no circuito comercial.
A fixação do evento ABAV na maravilhosa cidade do Rio de Janeiro, na última década, com o objetivo de ampliar a internacionalização da feira, de fato só ocorreu, de forma efetiva, em 2012, com a participação recorde de 52 países expositores e a presença de compradores internacionais (hosted buyers) com poder de compra, com apoio da Embratur e do Sebrae. Palco estratégico setorial, a 41ª ABAV – Feira de Turismo das Américas atrai mais de 60 países expositores, todos eles motivados pelas inovações bem-sucedidas, implantadas no ano passado, somente após a mudança da empresa organizadora terceirizada. Uma verdadeira mudança de rumo, que apresenta extraordinários avanços na geração de resultados mensuráveis.
Para atender cerca de 30 mil profissionais do setor, a ABAV ampliará a agenda de reuniões com horários previamente definidos, facilitando a participação de mais agências de viagens em rodadas de negócios; aumentará o espaço destinado à Vila do Saber e organizará a recepção dos compradores corporativos (mais de 600 neste ano) sediados no Brasil e no exterior.
Esses e outros fatos, que nem sempre são observados com a devida atenção, na correria e no imediatismo do dia a dia, consagram a ABAV como legítima promotora da América Latina para o mundo e do mundo para a América Latina, iniciativa que conta com o apoio integral das seguintes associações: Legitimidade conquistada e renovada com o apoio de todas as entidades que participam do Fórum das Associações de Agências de Viagens da América do Sul e da WTAAA (Aliança Mundial das Associações de Agências de Viagens), que respondem por 80% das passagens aéreas comercializadas no mundo.
Para a ABAV (Brasil), a meta é agir com firmeza e foco, ao lado da ACTA (Canadá), AFTA (Austrália), ASATA (África do Sul), ASTA (Estados Unidos), DRF (Dinamarca), ECTAA (Países da Comunidade Européia), TAANZ (Nova Zelândia) e TAFI (Índia) na condução de debates travados com IATA, OMT, WTTC e outras forças globais. Que nesta data, 22 de abril de 2013, possamos parafrasear a clássica pergunta sugerida por John Kennedy em relação ao país EUA: “Não pergunte o que a ABAV pode fazer por você, pergunte o que você pode fazer pela sua associação.” Nossa força está na ABAV: seu principal destino de negócios nas Américas.