Capacitação é arma dos agentes contra OTAs, diz Aldo

[Por Panrotas, 05/03/2013]
A frase é do presidente da Agaxtur, Aldo Leone Filho, às vésperas da edição 2013 do Workshop Agaxtur, que ocorre dia 12 de março, no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital paulista. “Uma agência on-line, uma OTA, não tem a proximidade com o cliente que os agentes de viagens têm. E isso é um diferencial que tem de ser trabalhado e ampliado”, conta ele.
Para Aldo Filho, a capacitação é chave para que o agente se diferencie cada vez mais de uma OTA. O atendimento personalizado, o olho no olho, a consultoria e um grau elevado de profissionalização também.
“Por isso, boa parte do 5º Workshop Mundo Agaxtur é voltado à capacitação dos agentes. Eles precisam conhecer bem os produtos, saber as diferenças e especificidades de cada um”, explica. Serão seis salas de treinamento, quatro com múltiplos destinos e produtos, uma da Travelport e outra, um lounge, do destino Portugal.
“A OTA cobra uma taxa de serviço alta do passageiro, sem a especialização e atendimento que um agente tem. Se o agente prestar um serviço que supere a expectativa do cliente na viagem, ele não vai precisar de uma OTA. Preço não é o diferencial”, continua o presidente da Agaxtur.
“A transformação dos agentes de viagens já está acontecendo. Nós, como operadores, sentimos isso no dia a dia. Não somos mais como em 1973 (data da foto acima, do estande da Agaxtur na Feira da Abav). O grande desafio agora é encontrar meios mais eficientes de distribuir serviços e disseminar o papel do consultor de viagens. É com treinamentos e debates que chegaremos a um consenso”, finaliza ele.
O Workshop Agaxtur marca o início da comemoração dos 60 anos da operadora. Fotos como a acima formarão um painel contando um pouco dessa história. Também haverá 60 sorteios para os agentes durante todo o evento, incluindo um carro zero.