Melhora de viagens corporativas impacta positivamente a hotelaria

[Por Hoteliernews, 25/02/2013]
A receita de viagens corporativas em 2012 vivenciou alta de 12,88% durante o ano, com um montante acumulado em R$ 32 bilhões – o que impactou positivamente no setor hoteleiro. Os dados são parte do IEVC (Indicador Econômico de Viagens Corporativas), produzido pela Alagev (Associação Latino Americana de Gestores de Eventos Corporativos).
A alta do IEVC se manteve acima do crescimento do PIB, o que foi explicado pelo investimento do setor na qualificação de seus profissionais. “Estamos observando um caso claro no qual a capacitação aumentou a produtividade”, explica Edmar Bull, presidente da Abracorp (Associação Brasileira de Agências Corporativas).
Os gastos com hotelaria tiveram um crescimento de 11,4%, segundo a Alagev. O mercado de hotéis foi responsável por quase 35% da receita referente ao período estudado, perdendo apenas para a movimentação financeira gerada pelo transporte aéreo.
A projeção de crescimento nas viagens corporativas para 2013 feita pela Alagev é de 10,7%.
As informações foram concedidas durante a 8ª edição do Lacte (Latin American Corporate Travel Experience), que teve seu início ontem (24) no hotel Grand Hyatt, zona Sul da cidade de São Paulo.
Na mesa que representou o setor estavam presentes o professor Antonio Carlos Bonfaro, do Senac-SP, o professor Hildemar Brasil, do Instituto de Hospitalidade, Lazer e Turismo, Viviâne Martins, presidente da Alagev, e Edmar Bull, presidente da Abracorp.