Mato Grosso sanciona lei da Copa com liberação da venda de bebidas

[Por Portal 2014, 18/01/2013]
O governo de Mato Grosso sancionou ontem (16) uma legislação que coloca a Lei Geral da Copa, aprovada pela presidente Dilma Rousseff em maio de 2012, como soberana também no estado, nas questões relativas ao Mundial de 2014.
Isso significa que Cuiabá é mais uma sede da Copa a obter a liberação da venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios, uma das grandes preocupações da Fifa para assegurar os direitos de uma de suas patrocinadoras, a Budweiser.
A legislação ainda garante a continuidade das atividades comerciais existentes em áreas compreendidas pelas zonas de restrição comercial de 2 km no entorno da Arena Pantanal, estádio da Copa em Cuiabá, e confirma os benefícios da meia-entrada para idosos, estudantes e integrantes do Bolsa Família naquele estado.
Questão da bebida
Em Mato Grosso, a bebida era proibida em função do Estatuto do Torcedor, seguido à risca pela Federação Mato-grossense de Futebol. Em outras cinco sedes (Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Natal e Salvador), a situação era semelhante, e a venda de bebidas alcoólicas dependia da sanção da lei da Copa em nível estadual para vigorar sobre o estatuto.
Já em Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, as legislações sobre o tema são específicas –nestas cidades, só São Paulo ainda não votou pela liberação das bebidas nos estádios. Manaus é a única sede da Copa onde não há lei alguma versando sobre o tema.