O Brasil na visão dos turistas estrangeiros, o que mudou em 6 anos?

[Por Jeanine Pires, 13/10/2011]
Uma análise rápida do perfil dos estrangeiros que vieram ao Brasil em 2010 comparando com 2004, nos leva a algumas constatações das mudanças que ocorreram nos últimos 6 anos.
O Estudo da Demanda Internacional divulgado essa semana nos mostra que o Brasil continua a surpreender estrangeiros, que alguns atributos de nosso país passaram a ser mais motivadores para as viagens e que ainda temos muito a fazer para nos tornarmos mais competitivos, seja nos serviços privados seja na infra-estrutura pública.
OS GRANDES TEMAS
– a maioria dos visitantes ainda vem ao Brasil a lazer
– sol e praia ainda é o maior motivo da viagem, e ecoturismo e natureza se consolidam como atrativo do País
– diminui o número de pessoas que viajam com a família
– o Rio de Janeiro continua lindo e o primeiro destino de lazer, já Florianópolis é a grande novidade
– a internet passa a influenciar mais as visitas do que os comentários sobre o Brasil feito por amigos
– as agências de viagem no exterior possuem mais informações sobre o Brasil e ajudam como fonte de informação para a viagem
– os turistas de primeira viagem ainda são muitos e os que repetem a viagem também são muitos
– continuamos agradando muito, pois 96% de intenção de retorno e mais do que unanimidade é oportunidade sem fim
– aumenta o número de jovens estrangeiros que vem ao nosso País
– a satisfação com a a viagem ao Brasil é cada vez maior, superando expectativas
– melhorou um pouco na avaliação do visitante: a limpeza e a segurança
– continua igual depois desde 2004: serviços de taxi, transporte público, sinalização turística, restaurantes, hotéis, guias de turismo, informação turística, hospitalidade
– está um pouco pior nos últimos seis anos: telecomunicações e aeroportos
– ainda oferecemos poucos serviços aos visitantes, poucas informações e pouca venda quando eles já estão no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *