Fecomercio e Visa lançam estudo inédito sobre Perspectivas do Turismo no Brasil

[Por Mercado e Eventos, 02/09/2011]
A Fecomércio e a Visa promoveram na manhã desta sexta-feira (02/09) um encontro para o lançamento do estudo “Perspectivas do Turismo no Brasil”. O estudo é uma análise do comportamento de turistas no país e no exterior, baseada em dados de consumo reais pagos com um cartão Visa.
Entre os convidados do eventos estavam Jennifer MacGowan, diretora de Relações Corporativas da Visa – Região América Latina e Caribe; Rúben Osta, presidente da Visa no Brasil; Luiz Gustavo Barbosa, coordenador do Núcleo de Turismo da FGV; e Caio Megale, Economista do Itaú Unibanco. A coordenação do debate foi de Jeanine Pires, presidente do Conselho de Turismo e Negócios da Fecomercio.
De acordo com o estudo, os gastos dos portadores do cartão Visa que vieram ao Brasil em 2010 subiram de US$ 1,8 bilhão para US$ 2,1 bilhões, um crescimento de 12% em relação ao ano de 2009. Já os gastos dos brasileiros que viajaram para o exterior com cartão Visa subiram de US$ 3,1 bilhões em 2009 para US$ 4,8 bilhões, um crescimento de 58%. Como nos anos anteriores, o relatório mostrou que o destino onde os brasileiros mais gastam no exterior continua sendo os Estados Unidos, onde foram gastos US$ 1,9 bilhão – 63% de crescimento.
“A moeda digital vem mostrando um impacto tangível para economia mundial. Nosso objetivo é aumentar a inclusão financeira eletrônica no mundo”, disse Jennifer MacGowan. Segundo ela, a Visa possui quase dois bilhões de cartões, que representam cerca de 60% do volume existente no mercado mundial.
O relatório ainda aponta crescimento em diversos segmentos de mercado. No Brasil, os restaurantes tiveram 20% de crescimento; hospedagem 24%; e supermercados 17%. “Já os brasileiros no exterior estão gastando mais com eletrônicos (90%), lojas de departamento (78%) e hospedagem (53%)”, revelou a diretora.
Na ocasião também foi apresentado o estudo “Megaeventos Esportivos – Impulsionando receitas para o turismo”. Segundo Osta, o Brasil está atualmente muito bem inserido na economia mundial, e as oportunidades são únicas em receber dois grandes eventos esportivos seguidos. “A Visa é patrocinador oficial dos dois eventos e nosso objetivo com esses estudos é entender os consumidores e as suas transações, como elas acontecem e onde. Assim, teremos base para tirar melhor proveito das oportunidades”, disse.
Para Jeanine, esta é uma oportunidade de focar as atenções não só na oferta que o país tem a oferecer, como também na experiência que será dada ao turista que no Brasil estiver para os eventos. “Estamos falando em como melhor atender nosso cliente, como facilitar a sua vida”, advertiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *