Centro de Convenções de Salvador negocia 75 eventos até 2025

O Centro de Convenções Salvador (CCS), administrado pelo conglomerado francês GL events, tem 75 eventos em negociação até 2025, com expectativa de gerar uma movimentação econômica na cidade superior a US$ 42 milhões.

Só nos três primeiros meses deste ano foram realizados 16 eventos, com previsão de outros 37 acontecerem até dezembro. Mas há pelo menos mais 42 encontros em negociação para 2022, o que significa uma ampliação de mais de 110% no número de eventos previstos para este ano, graças em parte à liberação do limite total de público para eventos no Estado. São praticamente dois eventos por semana, mas este número tende a mudar constantemente.

Os números foram apresentados à imprensa pelo diretor-geral do Centro de Convenções Salvador, Ludovic Moullin, durante coletiva, nesta sexta-feira, 1º de abril.

“Com a liberação do limite de público, esse cenário se altera permanentemente, com tendência de crescimento sólido, de recuperação total”, acentua Moullin, ressaltando que a decisão governamental trouxe um fôlego para o segmento, porque posiciona Salvador como um dos três principais polos nacionais no turismo de eventos, principalmente de congressos.

Isso se justifica não apenas pelo potencial turístico da capital baiana, com seus inúmeros e famosos atrativos, mas por contar com um moderno e versátil centro de convenções, capaz de acomodar eventos de todos os tipos e tamanhos, desde uma simples reunião com 50 pessoas até congressos e feiras com capacidade superior a 14 mil pessoas.

 

 

Fonte: IBahia