Prefeitura de BH vai exigir teste negativo de Covid e comprovante de vacinação em eventos

A partir desta segunda-feira (31), todos os eventos realizados em Belo Horizonte vão passar a exigir testes negativos de Covid-19 e comprovante de vacinação. A regra foi anunciada pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) nesta quarta-feira (26), na tentativa de conter o avanço da doença.

“O que a gente está pedindo é teste e comprovante de vacina, não é [um] ou [outro], não. Quem não conseguir testar não vai poder ir a lugar nenhum que seja um evento”, disse Kalil.

 

A reportagem questionou a prefeitura sobre quais eventos exigiriam a regra: “Festas? Casamentos? Jogos de futebol? Shows? Espetáculos?”. Segundo a prefeitura, “vale para qualquer tipo de evento”.

 

“É responsabilidade dos organizadores dos eventos conferir os exames e os cartões de vacinação como condição para o acesso ao evento”, disse ainda.

O decreto com atualização dos protocolos será publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira (28), segundo a prefeitura.

 

Locais de testagem

Na terceira semana de janeiro, de dez testes de Covid-19 feitos em Belo Horizonte, 4 deram positivo, segundo a prefeitura.

 

Nesta terça-feira (25), a universidade UNA Linha Verde (Avenida Cristiano Machado, 11.157 – Vila Suzana) passou a realizar exames em Belo Horizonte. Além da unidade, os testes podem ser feitos nos centros de saúde e nas universidades abaixo:

 

FAMINAS-BH: Avenida Cristiano Machado 12.001 – Vila Cloris.

Centro Universitário UNA: Avenida João Pinheiro, 580 – Lourdes.

 

A taxa de ocupação de leitos de UTI e enfermaria para pacientes com Covid-19 está em 82%, ainda em alerta vermelho.

De acordo com Kalil, 85% dos internados são pacientes que não se vacinaram. Os outros 15% são pessoas com comorbidades.

Oito em cada dez pacientes com Covid internados em UTI em Minas não completaram esquema vacinal

Sobre os eventos fechados marcados para o Carnaval, o prefeito disse que os alvarás de funcionamento ainda estão sendo analisados e vão depender dos indicadores nas próximas semanas.

Ele adiantou que não haverá feriado na data.

 

Brasil x Paraguai

A prefeitura vai exigir testes negativos para os torcedores que forem ver o jogo entre Brasil e Paraguai, válido pelas eliminatórias. Ele está marcado para o dia 1º de fevereiro no Mineirão.

Diferente do Campeonato Mineiro, que definiu limite de público para 20 mil pessoas, o jogo da seleção brasileira vai poder contar com a capacidade máxima do estádio.

“Nós vamos seguir os protocolos definidos pela CBF”, disse o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado.

 

Fonte: G1