Cadastur fecha 2021 com mais de 136 mil prestadores de serviços turísticos

Mais de 20 mil novos registros foram contabilizados pelo Cadastro Nacional de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo, em 2021, um recorde. O Brasil fecha o ano com 136.589 prestadores do setor registrados. O número representa um aumento de 17% em relação a 2020 e é mais que o dobro dos cadastros de 2017.

 

Multa para estabelecimentos com cadastro irregular pode chegar a R$ 854 mil

O estado de Alagoas foi o que mais ampliou o número de prestadores regularizados neste ano

 

O estado de Alagoas foi o que mais ampliou o número de prestadores regularizados no período, com aumento de 136% dos registros no Cadastur. Santa Catarina e Piauí também foram destaque, com salto de 69% e 42%, respectivamente, no número de cadastros. Entre os 26 estados e o Distrito Federal, apenas Mato Grosso e Pará não tiveram alta nos registros em 2021.

 

Em relação ao número total de serviços inscritos no Cadastur, São Paulo lidera o ranking dos estados (28.874), seguido do Rio de Janeiro (20.870) e de Minas Gerais (11.193). Já as atividades turísticas com mais prestadores regularizados são agências de turismo (33.999), guias de turismo (26.749) e restaurantes, cafeterias, bares e similares (19.657).

 

“Estamos fechando o ano, em pleno verão, com um número expressivo de serviços turísticos regularizados no país, que só vem crescendo a cada ano. Recomendamos aos turistas, quando planejarem suas viagens, que consultem no site do Cadastur a situação da agência de viagem que vai contratar, do hotel em que vai se hospedar e da transportadora turística que vai realizar os passeios, para checar se estão atuando de forma legal. Este é um importante passo que pode evitar problemas durante a viagem”, reforça o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

 

Fonte: Mercado & Eventos