GP São Paulo de Fórmula 1 estima receber entre 160 e 170 mil pessoas

Depois da ausência em 2020 por causa da pandemia de Covid-19, o Grande Prêmio São Paulo de Fórmula 1 prepara um retorno triunfal.

Com atividades entre os dias 12 e 14 de novembro, o GP trabalha com a expectativa de receber entre 160 e 170 mil pessoas.

Para tanto, a prova que será realizada no Autódromo de Interlagos tem prevista a abertura de um novo lote de ingressos nos próximos dias, que são oriundas de cancelamentos e não confirmações de descontos de meia-entrada.

Depois de um ano de hiato, por conta da pandemia, este será o primeiro ano do novo contrato da Fórmula 1 com a cidade de São Paulo, que fez questão de alterar o nome da prova para valorizar a cidade que recebe a Fórmula 1 desde 1990.

Além disso a atenção foi redobrada com as estruturas, já que a última prova foi realizada em 2019.

Entre as novidades, houve um recapeamento de uma faixa na esquerda no fim da reta oposta, com um trecho na curva 4, além da renovação das zebras na subida do Laranjinha, que estão entre os ajustes finais na pista.

Além disso, para prevenir pontos de alagamento, também foram feitas novas ranhuras no asfalto para escoar a água da chuva até a grama.

Para o público que for ao Grande Prêmio de São Paulo é obrigatório apresentar o comprovante de vacinação com pelo menos uma dose para ingressar no autódromo.

O público menor de 12 anos é obrigatório a realização de um exame PCR com até 48 horas de antecedência ou o antígeno com até 24 horas antes. Vale lembrar que o uso de máscara é obrigatório durante todo evento.

 

 

Fonte: Portal Radar