Pesquisa alemã mostra que confiança de empresas nas feiras de negócios segue em alta

As feiras de negócios presenciais continuarão sendo de fundamental importância para os expositores. No entanto, as feiras comerciais serão complementadas em maior medida por formatos de eventos virtuais.

Esta é a conclusão de uma análise atual da indústria alemã de feiras antes, durante e depois da pandemia pelo Instituto Ifo de Pesquisa Econômica da Alemanha, publicada agora no atual ifo-Schnelldienst 10/2021.

A perspectiva é baseada em uma pesquisa sobre o desenvolvimento econômico entre mais de 2.000 expositores, incluindo quase 1.600 do setor de manufatura e mais de 530 do setor de atacado. As perguntas referem-se aos planos gerais dos expositores de participarem de futuras feiras.

“A pesquisa do Ifo mostra que os expositores continuam confiando em feiras comerciais físicas. Os expositores, com experiência em feiras virtuais, também desejam participar de verdadeiras feiras de negócios”, comenta Joern Holtmeier, CEO da Associação da Indústria Alemã de Feiras (AUMA)

“O grande número de expositores estrangeiros que temos visto neste ano é uma prova formidável da posição de liderança mundial da Alemanha como local de feiras de negócios. A indústria sempre teve que ser extremamente flexível. Em conexão com a pandemia, as feiras comerciais provaram mais uma vez que são capazes de se transformar”, completa.

Além disso, o relatório mostra que a indústria alemã de feiras é um dos setores comerciais mais afetados pela pandemia.

Entre março de 2020 e setembro de 2021, os centros de convenções e de feiras comerciais alemães foram forçados a uma paralisação de quase 19 meses.

Em 2020, isso induziu uma perda nas vendas de 70 por cento apenas para os organizadores de feiras. A perda econômica geral chega a 42 bilhões de euros até o momento.

Para 2021, novamente, uma perda dramática está se aproximando: até o final de setembro, mais de dois terços das 380 feiras programadas para 2021 tiveram que ser canceladas.

Um ano sem feiras comerciais também significa perdas econômicas para mais de 40 por cento das empresas industriais expositoras.

De acordo com o relatório, é comprovado que as pequenas empresas estão enfrentando dificuldades para compensar os pedidos perdidos causados ​​pelo cancelamento de feiras comerciais.

Encontre mais informações (apenas em alemão): https://www.ifo.de/DocDL/sd-2021-10-penzkofer-messen.pdf

 

 

Fonte: Portal Radar